Piauí - Boa Hora

TCE nega recurso e mantém bloqueio das contas de Boa Hora

O prefeito não comprovou o pagamento dos salários dos servidores.

RAYANE TRAJANO

O prefeito de Boa Hora, José Resende, entrou com recurso de agravo no Tribunal de Contas do Estado do Piauí contra a decisão do conselheiro Aberlado Vilanova que bloqueou as contas do município. Nesta quarta-feira (16), o conselheiro avaliou o pedido e manteve a decisão inicial.

  • Foto: Facebook/Zé ResendeZé Resende Zé Resende

No recurso, o prefeito afirma que a situação do município é caótica, “com Receita menor que a Despesa, desde o exercício 2013, acostando demonstrativos e extratos bancários”. Em relação ao pagamento das verbas trabalhistas dos servidores municipais, o prefeito argumentou que após inúmeras tentativas de acordo com o sindicato, conseguiu realizar apenas acordos isolados, com alguns servidores.

Sobre o atraso no pagamento dos salários dos servidores, principal motivo para o bloqueio das contas, o prefeito não comprovou a quitação, assim o conselheiro avaliou que não haviam motivos para alterar a decisão proferida no dia 07 de novembro e pediu que o tribunal designe um novo relator para o caso.

Outro lado

Procurado pelo GP1 nesta quinta-feira (17), o prefeito não foi localizado para comentar a decisão.