Piauí - Luís Correia

TCE vai julgar representação contra o prefeito Kim do Caranguejo

A representação foi formulada pelo Ministério Público de Contas do Estado do Piauí contra a Prefeitura Municipal de Luís Correia.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) vai julgar na próxima quarta-feira (13) uma representação do Ministério Público de Contas contra a Prefeitura de Luís Correia, que tem como gestor, Francisco Araújo Galeno, mais conhecido como Kim do Caranguejo (PSB).

A representação foi formulada pelo Ministério Público de Contas do Estado do Piauí contra a Prefeitura Municipal de Luís Correia, relatando a ausência de documentos que compõem a prestação de contas mensal do exercício financeiro de 2017, solicitando então o bloqueio das contas bancárias.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Kim do Caranguejo, Prefeito de Luís CorreiaKim do Caranguejo, Prefeito de Luís Correia

Segundo o Ministério Público, até o dia 1º de junho, não havia encaminhado ao TCE os documentos que compõem a prestação de contas mensais, como Documentação Web, de janeiro e fevereiro deste ano, que são essenciais ao início da análise da prestação de contas. Logo depois Kim do Caranguejo apresentou a prestação de contas.

O procurador Plínio Valente afirmou que mesmo que a situação tenha se regularizado, não pode ser permitido esse tipo de atraso. Ele solicitou então pela procedência da ação, com a aplicação de multa.

“Malgrado a situação tenha se regularizado, cumpre a este Parquet destacar que, in casu, ocorreu afronta ao comando constitucional que impõe o dever de prestar contas na forma e no prazo devido, assim como aos dispositivos que conferem prerrogativas às Cortes de Contas para examinar, mediante fiscalização os gastos dos recursos públicos”, disse.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Plínio Valente Ramos Neto Plínio Valente Ramos Neto

MAIS NA WEB