Política

Temer diz que ocupação na Câmara dos Deputados é ‘inaceitável’

O peemedebista condena a manifestação de um grupo que invadiu a Câmara dos Deputados.

NAYRANA MEIRELES

O presidente Michel Temer condenou em pronunciamento lido por seu porta-voz, a invasão do plenário da Câmara por manifestantes nesta quarta-feira (16). Para o peemedebista, ações como esta são “inaceitáveis”.

"Episódios como o de hoje são inaceitáveis e serão combatidos à luz da lei, em defesa da garantia de integridade de cada uma das instituições de Estado", afirmou em pronunciamento lido pelo porta-voz da Presidência, Alexandre Parola.

  • Foto: André Dusek/Estadão Conteúdo Presidente Michel Temer Presidente Michel Temer

Ao menos 50 manifestantes invadiram durante a tarde desta quarta, o plenário da Câmara dos Deputados defendendo o fim da corrupção, dos supersalários e intervenção militar no país. Após um grande tumulto, a sessão foi suspensa e o local fechado.  "Em uma democracia, o valor a ser preservado é o do respeito à livre expressão e da busca de apoio pelo convencimento e pela argumentação", disse Temer.

O peemedebista também se mostra preocupado com o aumento dos protestos de servidores contra o pacote de ajuste proposto pelo governo do Rio, que terminou em contou com a Polícia Militar, na Assembleia Legislativa. De acordo com informações do Estadão, outro foco de inquietação no Planalto está nas universidades ocupadas. Grupos ameaçam tirar à força de lá os estudantes que são contra a reforma do ensino médio e a PEC do Teto. 

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Temer diz que ocupação na Câmara dos Deputados é ‘inaceitável’
http://www.gp1.com.br/noticias/temer-diz-que-ocupacao-na-camara-dos-deputados-e-inaceitavel-404518.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.