Política

Temer diz que respeitará ‘qualquer decisão’ sobre denúncia

Declaração ocorre um dia após o parecer pelo prosseguimento da denúncia contra o presidente ser apresentado na CCJ da Câmara.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (11), que vai respeitar qualquer que seja a decisão da Câmara sobre a denúncia de corrupção passiva. Ele deu a declaração durante discurso no Palácio do Planalto ao participar do anuncia da linha de crédito do Banco do Brasil para o plano safra deste ano.

A declaração do presidente ocorre um dia após o parecer pelo prosseguimento da denúncia contra o presidente ser apresentado pelo relator Sergio Zveiter na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. "Reitero sempre que a Câmara, nesta semana, tem uma importantíssima decisão para tomar e eu respeitarei qualquer que seja a decisão", afirmou o presidente.

  • Foto: Albery Santini/Futura Press/Estadão ConteúdoMichel TemerMichel Temer

De acordo com informações do G1, Temer disse ainda que o momento não é de ter dúvidas ou receios. Segundo ele, "a hora é de respostas rápidas". "Reitero que o Brasil não pode esperar. É hora de o Brasil avançar. Nós vamos seguir em frente", afirmou o presidente.