Política

Temer indica superintendente do Cade ligado a Ciro Nogueira

A indicação foi encaminhada para o Senado e publicada no “Diário Oficial da União” de sexta-feira (08).

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O presidente Michel Temer indicou o nome de Alexandre Cordeiro Macedo para a superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cade. A indicação foi encaminhada para o Senado e publicada no “Diário Oficial da União” de sexta-feira (08).

Segundo informações do G1,Macedo é ligado ao PP e a indicação de seu nome foi uma exigência do senador piauiense Ciro Nogueira e pelo líder do partido na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro.

No final de 2016, Ciro Nogueira, que é presidente do PP,foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por corrupção e lavagem de dinheiro, no âmbito da Operação Java Jato. No início do mês, Janot apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF), a primeira denúncia na corte que aponta integrantes de um partido político, o PP, como participantes de uma organização criminosa que tinha como objetivo desviar dinheiro da Petrobras.

  • Foto: Cade/Marcelo Cardoso/GP1Alexandre Cordeiro Macedo e Ciro NogueiraAlexandre Cordeiro Macedo e Ciro Nogueira

Em resposta ao G1, Ciro Nogueira admitiu que a origem de Macedo era de ligação com o PP, mas disse não ter sido comunicado da indicação para a superintendência. "Ele trabalhou no Ministério das Cidades com Aguinaldo Ribeiro, foi secretário-executivo, figura muito voltada para esse lado, ele tem formação em Harvard. Na época, como conselheiro, nós fizemos a indicação. Mas, agora, não tenho participação como superintendente. De qualquer forma, na origem, ele era uma pessoa ligada a gente. Não sabia que tinha saído este ato".

MAIS NA WEB