Piauí - Teresina

Themístocles diz que orçamento 2017 deve ser votado em dezembro

O Projeto de Lei Orçamentária enviado pelo governador Wellington Dias para a Assembleia Legislativa do Piauí, deve ser votado em dezembro.

ANDRÉ DOS SANTOS

O Projeto de Lei Orçamentária para o exercício financeiro do estado em 2017, que foi enviado pelo governador Wellington Dias para a Assembleia Legislativa do Piauí, deve ser votado em dezembro. A informação foi confirmada ao GP1 pelo presidente da Alepi, deputado Themístocles Sampaio Filho (PMDB).

Porém, segundo ele, as discussões sobre o projeto já iniciam a partir da próxima semana. “Nós já vamos começar a discutir o projeto enviado pelo governador a partir da semana que vem. É nesse debate que os deputados vão poder opinar sobre os destinos dos recursos e dar sugestões. Esse debate segue até novembro. E só em dezembro é que vai ser votado”, informou o presidente da Alepi.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Presidente da Assembléia , Themístocles FilhoPresidente da Assembléia , Themístocles Filho

O projeto propõe políticas públicas que priorizam investimentos em saúde, educação, infraestrutura, desenvolvimento econômico, segurança pública, justiça social e cidadania, buscando promover o desenvolvimento sustentável do Piauí, com inclusão social.

Proposta Orçamentária

O projeto fixa para 2017 uma despesa de R$ 11.504.366.793,00 (onze bilhões, quinhentos e quatro milhões, trezentos e sessenta e seis mil, setecentos e noventa e três reais), que após dedução das contribuições do Estado ao Fundeb e transferências constitucionais aos municípios, resulta em R$ 9.257.335.807,00 (nove bilhões, duzentos e cinquenta e sete milhões, trezentos e trinta e cinco mil, oitocentos e sete reais).


Link do texto:

Themístocles diz que orçamento 2017 deve ser votado em dezembro
http://www.gp1.com.br/noticias/themistocles-diz-que-orcamento-2017-deve-ser-votado-em-dezembro-402511.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.