Mundo

Theresa May perde maioria no Parlamento e descarta renúncia

O resultado é considerado uma derrota da primeira-ministra Theresa May, que antecipou as eleições gerais.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O Partido Conservador perdeu a maioria absoluta no Parlamento britânico ao conquistar 318 assentos, abaixo dos 326 necessários para a formação do Governo. O resultado é considerado uma derrota da primeira-ministra Theresa May, que antecipou as eleições gerais com o objetivo de ampliar sua bancada e conseguir apoio para negociar a saída do Reino Unido da União Europeia, o Breixit.

De acordo com informações do Estadão, apesar do resultado negativo, May não considera renunciar ao cargo. O Partido Trabalhista, no entanto, conquistou novos assentos e havia alcançado 261 representantes na Câmara dos Comuns.

  • Foto: REUTERS/Neil HallTheresa MayTheresa May

A campanha eleitoral de May, que começou em grande estilo, sofreu várias dificuldades durante as últimas semanas. Considerada favorita pelas primeiras pesquisas de opinião, a primeira-ministra perdeu muitos pontos nos dois confrontos televisivos do quais se recusou a participar em que Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista, apareceu muito determinado e preparado.

Após a derrota, o futuro de May como líder do Partido Conservador começa a ser questionado. Segundo a BBC, a premiê tentará formar um novo Governo e está negociando uma solução parlamentar. Ela negocia uma aliança com o Partido Unionista Democrático, da Irlanda do Norte, que conquistou até o momento 10 assentos.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB