Brasil

Tiroteio no Pavão-Pavãozinho fecha comércio no Rio de Janeiro

O confronto entre a polícia e bandidos causou pânico na comunidade e acabou levando comerciantes a fecharem suas lojas.

DEISE KESSLER

  • Foto: Fabio Motta/Estadão ConteúdoTiroteio no Rio de JaneiroTiroteio no Rio de Janeiro

Nesta segunda-feira (10), houve uma intensa troca de tiros na comunidade Pavão-Pavãozinho. O confronto entre a polícia e bandidos causou pânico na comunidade e acabou levando comerciantes a fecharem suas lojas no local e em ruas de Ipanema e Copacabana, na Zona Sul do Rio.

De acordo com o G1, o capitão da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), Vinicius Apolinário de Oliveira, foi ferido por estilhaços. Além disso, outros dois suspeitos foram baleados, sendo que um deles não resistiu aos ferimentos e morreu. Outros cinco suspeitos foram presos, segundo policiais militares, após intensa troca de tiros.

A UPP informou que vários ataques a bases da unidade foram registrados. O comandante da UPP foi levado para o Hospital Central da PM, no Estácio, e depois liberado. A Polícia Militar informou que o suspeito morto foi encontrado com um fuzil.

MAIS NA WEB