Política

TRE deixou de julgar 37 processos durante eleições no Piauí

A informação foi concedida pelo presidente da corte, desembargador Joaquim Santana.

THAIS GUIMARÃES

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), que tratou da organização do processo eleitoral em todo o estado, deixou de julgar 37 processos de registros de candidaturas nestas eleições. A informação foi concedida pelo presidente da Corte, desembargador Joaquim Santana.

O presidente, que avaliou positivamente o processo, explicou a causa do atraso. “O tempo não deu. Nós fizemos um esforço muito grande, mas, outros estados estão ainda muito mais pendentes do que o Piauí. Todos estes casos serão julgados até esta sexta-feira (07)”, garantiu.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Presidente do TRE, Joaquim SantanaPresidente do TRE, Joaquim Santana

Ainda de acordo com o desembargador, a próxima ação do tribunal será implantar o sistema biométrico nos municípios que ainda não possuem a tecnologia. Ele informou que 115 cidades ainda não têm o sistema instalado, o que corresponde a 30% do eleitorado piauiense.

Mais conteúdo sobre: