Piauí - Esperantina

TRE-PI aceita recurso e retira multa contra Felipe Santolia

No dia 26 de setembro, a Corte Eleitoral, por unanimidade, decidiu aceitar o recurso, por entender que realmente foram registradas as três pesquisas eleitorais divulgadas pelo ex-prefeito.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), em decisão do dia 26 de setembro, decidiu aceitar Embargos de Declaração interpostos pelo ex-prefeito de Esperantina, Felipe Santoliaque foi condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 53.205,00 mil.

No dia 13 de fevereiro de 2016, em uma representação eleitoral feita pela coligação "Unidos por uma Nova Esperantina", o ex-prefeito Felipe Santolia foi condenado ao pagamento de uma multa no valor de R$ 53.205,00 mil por ter feito divulgação, na sua página pessoal em rede social, de pesquisa eleitoral fraudulenta e sem registro junto à Justiça Eleitoral.

  • Foto: Facebook/Felipe SantoliaFelipe Santolia Felipe Santolia

Felipe Santolia decidiu ingressar com Embargos de Declaração alegando foi condenado sob o fundamento de que realizou divulgação de três pesquisas eleitorais em sua rede social, mas só duas pesquisas estavam registradas. Ele esclareceu que, de acordo com informação obtida no próprio site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram registradas três pesquisas referentes às eleições 2016.

No dia 26 de setembro, a Corte Eleitoral, por unanimidade, decidiu aceitar o recurso, por entender que realmente foram registradas as três pesquisas eleitorais divulgadas pelo ex-prefeito. Dessa forma a decisão foi modificada e retirada a aplicação de multa contra o ex-prefeito Felipe Santolia.