Mundo

Trump diz que responderá com “fogo e fúria” as ameaças da Coréia

O presidente Trump afirmou que “é melhor que a Coreia do Norte não faça mais ameaças aos Estados Unidos. Enfrentarão fogo e fúria como o mundo nunca viu".

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira (8), em um clube de golfe em Nova Jersey, onde passa férias, que irá responder com “fogo e fúria” à Coréia do Norte, caso o país continue fazendo ameaças ao seu país com o desenvolvimento de armas nucleares.

Segundo o G1, o presidente Trump afirmou que “é melhor que a Coreia do Norte não faça mais ameaças aos Estados Unidos. Enfrentarão fogo e fúria como o mundo nunca viu".

  • Foto: ReutersDonald TrumpDonald Trump

A declaração acontece em um momento crítico, já que recentemente o jornal "The Washington Post" afirmou que especialistas de inteligência dos Estados Unidos acreditam que a Coréia do Norte conseguiu miniaturizar o suficiente uma bomba nuclear para colocá-la em um de seus mísseis intercontinentais.

Isso significa um grande avanço para os coreanos, já que apesar de sofrerem sanções de vários países, estão conseguindo avançar no seu projeto nuclear, além de construírem mísseis intercontinentais, ou seja, que conseguem andar por um grande trajeto. A Coréia do Norte já deixou claro que trabalha para ter mísseis que consigam sair do país e possam atingir os Estados Unidos.

Até o momento, o país tem feito vários testes com dispositivos atômicos e lançou com sucesso dois mísseis balísticos intercontinentais, capazes de alcançarem os Estados Unidos, mas o que ainda não se sabe é se o país possui a tecnologia de colocar uma bomba atômica dentro desses lançadores.

Mais conteúdo sobre: