Brasil

TSE contabiliza 236 prisões de candidatos em todo o país

Segundo o tribunal, a maior parte dos detidos estava fazendo boca de urna.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou novo boletim por volta das 21h deste domingo (02), informando que 236 candidatos foram presos em flagrante em todo o país até a tarde de hoje. A Justiça Eleitoral não informou os nomes e partidos dos detidos.

De acordo com informações do G1, deste total,  177 candidatos foram presos por realizarem boca de urna, 16 por divulgarem propaganda não-permitida, 11 por transporte ilegal de eleitores, 22 por corrupção eleitoral e 9 por motivos não informados.

  • Foto: DivulgaçãoUrna eletrônicaUrna eletrônica

Também foram registradas ocorrências  com outros 147 candidatos, mas sem prisão.. Além disso, o tribunal informou que 1.726 eleitores foram presos por irregularidades cometidas próximo às zonas eleitorais. Entre os motivos, estão o uso de alto-falante (5 prisões), boca de urna (1.010 prisões), divulgação de propaganda (143 prisões), transporte ilegal de eleitores (84 prisões), corrupção eleitoral (166 prisões) e outros motivos (316 prisões).

Conforme o TSE,  houve ainda, outras 1.705 ocorrências nos municípios envolvendo eleitores, mas sem resultar em prisão. Um dos motivos foi o fornecimento ilegal de alimento. Em relação as urnas eletrônicas, 2.268 foram trocadas em municípios que já usam a identificação biométrica na votação, enquanto 2.156 foram em cidades sem o sistema.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

TSE contabiliza 236 prisões de candidatos em todo o país
http://www.gp1.com.br/noticias/tse-contabiliza-236-prisoes-de-candidatos-em-todo-o-pais-402148.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.