Piauí - Teresina

Valter Rebelo se filia ao PSC em solenidade com autoridades

Valter Rebelo tem interesse em se candidatar no pleito de 2018 para um cargo majoritário, mas ainda não foi definido qual será.

BÁRBARA RODRIGUES E THAIS GUIMARÃES

- atualizado

PSC inaugura sede e faz filiação do jurista Valter Alencar Rebelo

O jurista Valter Alencar Rebelo se filiou na manhã desta quarta-feira (27) ao Partido Social Cristão (PSC). A solenidade teve a participação do presidente nacional do partido, o pastor Everaldo Pereira, do presidente estadual, Tiago Vasconcelos, da vice-governadora Margarete Coelho (PP), Noberto Campelo, Freitas Neto (PSDB), entre outras autoridades. Na ocasião também foi feita a inauguração da nova sede do partido, localizada na Rua Rio Grande do Sul, nº 102, no bairro Frei Serafim.

Valter Rebelo tem interesse em se candidatar no pleito de 2018 para um cargo majoritário, mas ainda não foi definido qual será. “Pego esse desafio com humildade, com o compromisso com a coisa pública, com um modelo de gestão que possa levar para a população piauiense algo transformador, que não se repita algumas práticas. A população espera um novo papel da política, mantendo os compromissos de campanha como algo realizador. O governador ou o senador é um funcionário, um servidor público que tem o papel de cumprir como contrato de trabalho aquilo que ele foi designado”, afirmou.

O Pastor Everaldo afirmou que Valter poderá decidir que cargo majoritário tem interesse em disputar. “A missão dele será unir o Piauí. Estamos aí filiando e vamos ver o que vai acontecer. O que o povo do Piauí quiser e o que ele quiser, a vaga está garantida, para o governo ou senado. É o Valter que vai decidir”, destacou. Sobre as eleições de 2018, ele explicou que o partido tem interesse em lançar um candidato à presidência. “Daqui a uns 10 a 15 dias vamos estar anunciado, mas vai ter”, afirmou.

O presidente estadual do PSC, Tiago Vasconcelos, explicou que foram feitas 10 filiações nesta quarta-feira e que o partido pretende apresentar novos nomes para a população. “O que queremos é um aval da população do Piauí e quem decide é o povo. O PSC hoje está organizado para apresentar alternativas para o desenvolvimento do estado. O PSC vai apresentar um projeto diferente, com pessoas que não possuem nenhuma mácula na política e que se criem essa expectativa de esperança. A população espera que pessoas de bem participem da política. Ciclos se encerram e está na hora de renovar”, destacou.

A vice-governadora Margarete destacou a filiação do jurista ao PSC. “É muito importante que os partidos políticos se fortaleçam, que consigam os melhores quadros para botarem á disposição dos eleitores. A inauguração de uma sede com esse porte também servirá de referência ao cidadão que quer militar na política. O partido político tem um papel importantíssimo na democracia, pois esse é um primeiro filtro, já que a representatividade quem faz é o partido”, disse.