Piauí - Teresina

Vendedor fatura com guarda-volumes no concurso da PM-PI

O vendedor cobrou o valor de R$ 5 por pessoa independente da quantidade de objetos.

RAFAEL GALVÃO

- atualizado

O concurso da Polícia Militar realizado neste domingo (09) movimentou a cidade de Teresina, com isso muitos vendedores ganham uma renda extra, é o caso do seu Jackson de Sousa, que lucrou não apenas com a venda de lanches, mas também faturou como guarda-volumes em frente a Universidade Estadual do Piauí - UESPI.

  • Foto: Rafael Galvão/GP1Jackson de SousaJackson de Sousa

No local das provas não foi permitido que o candidato entrasse com capacete ou óculos, por exemplo, então o jeito foi o seu Jackson alugar o espaço no trailer. “Não vendi muito lanche, em compensação teve muito volume para guardar, esses superaram as vendas dos salgados, se o concurso fosse anulado mais uma vez seria bom demais”, comentou.

  • Foto: Rafael Galvão/GP1thriller localizado em frente a UESPI Trailer localizado em frente a UESPI

Ele falou como funciona o aluguel. “O que mais deixaram aqui no trailer foi celular, relógio e capacete, esse domingo está sendo muito bom, todos os objetos estão identificados com o nome de seus proprietários, não vai ter problema na hora de devolver”, explicou Jackson.

O vendedor cobrou o valor de R$ 5 por pessoa independente da quantidade de objetos, ele escreve o nome do dono em um papel, logo que o candidato saia do local de prova, recebia seu material de volta.