Piauí - Teresina

Verador Dudu comenta crise no Partido dos Trabalhadores

“É preciso reconhecer que, nacionalmente, o partido encolheu e pudemos analisar concretamente o resultado das eleições municipais para o PT", disse.

BRUNA DIAS

- atualizado

O vereador reeleito de Teresina, Edilberto Borges (PT), o Dudu, em pronunciamento na Câmara nesta quinta-feira (06), falou sobre a "criminalização sofrida" pelo Partido dos Trabalhadores no âmbito municipal. Em seu discurso, o político disse que “é preciso reconhecer que, nacionalmente, o partido encolheu e pudemos analisar concretamente o resultado das eleições municipais para o PT".

"É preciso também dizer qual foi a causa disso: a grande mídia, que direcionava suas coberturas negativamente ao PT e ao judiciário, que também foi seletivo nas acusações, escusando gravíssimos crimes cometidos por outros partidos, como foi possível ver até em delações premiadas que foram recusadas por membros deste poder, que deveria agir com lisura e imparcialidade", continuou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Dudu BorgesDudu Borges

O parlamentar falou ainda que mesmo com esse cenário político atual, não vai deixar a legenda. "Mas não vamos retroceder nem regredir. Só saio do PT quando não estiver mais respirando. Até lá, vou continuar lutando pelo bem-estar social e pela igualdade de direitos de todos”, declarou.

Mais conteúdo sobre: