Piauí - Teresina

Vereador Dr. Lázaro nega ida para oposição de Firmino Filho

O parlamentar nega que isso esteja acontecendo e diz acreditar que o assunto tenha surgido por conta de cobranças que fez a respeito da Saúde na capital.

- atualizado

As especulações a respeito do rompimento da base do prefeito Firmino Filho na Câmara Municipal de Teresina continuam sendo tema de discussões na imprensa. A princípio se falava em um grupo formado por oito vereadores, que estariam se articulando para integrar a oposição. Agora os rumores são com nomes específicos, como o do vereador Dr. Lázaro Carvalho.

O parlamentar nega que isso esteja acontecendo e diz acreditar que o assunto tenha surgido por conta de cobranças que fez a respeito da Saúde na capital. “Sempre digo que a Saúde e a Educação têm que estar acima do discurso partidário ou eleitoreiro. Fazer cobranças a respeito desses dois temas não quer dizer estar contra ou a favor do prefeito. A população trouxe reclamações até mim, e na condição de vereador levei essas cobranças a diante”, disse Dr. Lázaro.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1 Vereador DR. LázaroVereador DR. Lázaro

A base aliada de Firmino atualmente conta com 26 dos 29 vereadores e segundo especulações, as insatisfações de alguns seriam por conta da falta de espaço para indicações dos parlamentares municipais no poder executivo. “Eu particularmente não tenho essa preocupação. Não quero pautar meu trabalho em cima de indicações de cargos e afins. Meu compromisso desde a campanha, sempre foi de atuar em conformidade com as necessidades da população. Quando eu aponto problemas, como por exemplo na Saúde, procuro mostrar também soluções. Não faço ataques ao poder executivo, apenas mostro que existem falhas, mas que podem ser compensadas”, completou Dr. Lázaro.