Brasil

Wellington Dias apresenta propostas para crescimento do país

A proposta apresentada tem como base modelo econômico de outros países.

Nesta terça-feira (04), durante um encontro dos governadores do Norte, Nordeste e Centro-Oeste com o presidente da República, Michel Temer, que foi realizado no Palácio do Planalto, o governador Wellington Dias apresentou uma proposta para o crescimento econômico do Brasil.

A proposta apresentada tem como base o modelo de outros países, cujo foco é planejar o aumento da dívida em mais três pontos percentuais do Produto Interno Bruto (PIB) e aplicar em investimentos. A bancada do Nordeste, contou com a participação de diversos membros da equipe do governo federal e com a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

“Esse projeto já foi apresentado e, na época, a dívida estava em 56% do PIB. Hoje, por conta de altos juros e queda na economia, a dívida beira os 70%. Esses três pontos elevariam de 70% para 73% do PIB, o que equivaleria a um valor de R$180 bilhões, sendo R$ 60 bilhões para concluir 25 mil das 30 mil obras em 5.600 municípios brasileiros e gerar mais de um milhão de empregos nos próximos 12 meses”, explicou o governador.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

Ainda segundo o governador, os R$ 120 bilhões restantes seriam aplicados em obras estruturantes, que são capazes de reduzir custos e fazer a economia crescer. “Vale ressaltar que tais obras seriam em conjunto com o setor privado, na construção de ferrovias, portos, aeroportos, metrôs, energia, parcerias público-privadas e, ainda com obras complementares para indústrias, empreendimentos agrícolas, mineração, gás e petróleo, turismo e outros serviços que, ao todo, gerariam mais de dois milhões de empregos”, complementou Wellington.

A segunda medida apresentada pelo governador do Piauí seria a fixação em U$ 350 bilhões do "colchão" das reservas cambiais e excedentes. Cerca de U$ 26 a 30 bilhões se destinaria para quitar a dívida da União e abrir espaço para, diretamente ou por meio da rede bancária, captar dinheiro no exterior a baixas taxas (2% a 4%), em um prazo de 15 a 25 anos, com carência de 3 a 4 anos.

Economia do país

Outro ponto discutido foi a mudança do cenário na economia do país. “Sabemos que a saída definitiva é fazer a economia crescer, ampliar empreendimentos e gerar mais emprego e renda. Para isso, defendemos fixar em 90% os gastos para despesas em relação às Receitas Correntes Líquidas. A intenção é alcançar um mínimo de 10% de capacidade de investimentos em 10 anos para todos os estados, municípios e União. Cada estado faz o seu plano de meta para destinar recursos à educação, saúde, segurança, dentre outros. Com isso, teremos dinheiro o suficiente para obras, modernização dos serviços e estímulo ao crescimento econômico no Brasil inteiro. Governar não pode ser só pagar folha de pessoal ativo, aposentado e pensionistas. É preciso capacidade de investimento”, finalizou Wellington.


Link do texto:

Wellington Dias apresenta propostas para crescimento do país
http://www.gp1.com.br/noticias/wellington-dias-apresenta-propostas-para-crescimento-do-pais-402378.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.