Economia e Negócios

Wellington fixa em R$ 12 bilhões as receitas do governo em 2018

A Secretaria de Administração e Previdência ficará com o maior orçamento. São R$ 2.728.093.034,00 bilhões.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O governador Wellington Dias (PT) encaminhou para a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) o projeto de lei que estima a receita e fixa a despesa para o exercício financeiro de 2018 em R$ 12.956.787.305,00 bilhões.

Confira aqui a proposta na íntegra.

Em mensagem encaminhada para os deputados, o governador explicou que a perspectiva de crescimento para o estado é baixa, devido a crise financeira que passa o país e que por isso serão tomadas medidas rigorosas para a contenção de gastos. “Tais números, estão a significar que, para o exercício de 2018, todo o Estado deverá direcionar os esforços necessários para a contenção das despesas correntes e concentrar as nossas energias em investimentos e na prestação de serviços de qualidade em relação aos quais tanto reclama e merece o povo piauiense, tais como saúde, segurança e educação”, explicou.

Então fica a receita em R$ 12.956.787.305,00 bilhões, sendo que desse valor, retirando as deduções das contribuições do Estado ao Fundeb e transferências constitucionais aos municípios ficam um valor de R$ 10.584.569.518 bilhões para a despesa geral.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

Com base nisso, foram estabelecidos os valores que cada secretaria e órgão receberá para fazer os devidos investimentos no ano de 2018. A Secretaria de Administração e Previdência ficará com o maior orçamento. São R$ 2.728.093.034,00 bilhões. Em segundo lugar está a Secretaria de Educação com R$ 1.957.519.354,00 bilhões e a Saúde com R$ 1.181.607.443,00 bilhões.

Entre os poderes, o governo estabeleceu que a Assembleia Legislativa receberá R$ 328.909.046,00 milhões. O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) receberá R$ 115.874.211,00 milhões. O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) com R$ 568.432.287,00 milhões. A Procuradoria Geral de Justiça, do Ministério Público do Estado do Piauí, terá um orçamento de R$ 196.535.291,00 milhões.

Fica ainda estabelecido que o poder executivo estará autorizado a abrir, durante o ano de 2018, créditos adicionais suplementares até o limite de 25% do total das despesas fixadas. Apesar desses valores, o projeto ainda será analisado nas comissões técnicas e devem ser debatidos os valores que cada órgão irá receber.

  • Foto: DivulgaçãoDespesas do governoDespesas do governo
  • Foto: DivulgaçãoDespesas das secretariasDespesas das secretarias
  • Foto: DivulgaçãoDespesas do governo com as secretariasDespesas do governo com as secretarias