Piauí

Wellington lança III Edição do Festival do Peixe de Esperantina

O governador disse durante o evento que o Festival se trata de um momento importantíssimo no Piauí por ser um grande incentivo para a geração de emprego e melhoria na economia do estado.

BRUNA VELOSO E BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

Governador lança III Edição do Festival do Peixe de Esperantina

O governador Wellington Dias realizou, na manhã desta segunda-feira (10), o Lançamento do III Festival do Peixe de Esperantina, evento tradicional na cidade, que segue para sua terceira edição. A solenidade aconteceu no Palácio de Karnak com a presença de autoridades do estado.

Wellington Dias disse durante o evento que o Festival se trata de um momento importantíssimo no Piauí por ser um grande incentivo para a geração de emprego e melhoria na economia do estado. “É um momento importantíssimo do Piauí, do Nordeste e vai se consolidando no calendário do Brasil. É uma oportunidade de fomentar, de incentivar, de estimular a produção da piscicultura. Ela é amplamente estimuladora de emprego, da economia. É possível gerar atividades com renda com tanque rede”, comentou o governador.

O chefe do executivo estadual disse ainda que existem vários projetos para a ampliação deste tipo de serviço no estado, como o uso de técnicos no apoio do trabalho e ampliação da facilidade de licenciamento dos trabalhadores. “Já está muito comum o trabalho com a produção do Tambaqui, da Tilápia, agora já chega o Surubim. Alguns já começam a trabalhar outras variedades e outro objetivo é esse que acontece em Esperantina: ampliar. Já estamos atingindo 15 mil toneladas de pescado, já temos produção de alevinagem. Já temos um quadro de técnicos, de pessoas preparadas para, inclusive, transmitir para outros. Agora estamos trabalhando a ampliação de facilidade no licenciamento e estamos desafiados a dar solução em 2017. Acredito que somado com cultura, o momento festivo vai ser um momento grande”, explicou.

Para o deputado federal Assis Carvalho, grande apoiador do Festival desde a sua primeira edição, o evento é proveitoso já que, além de incentivar a pesca orientada, com o apoio de um técnico, o que não prejudica o meio ambiente, ainda é gerador de empregos. “O Festival do Peixe é um orgulho para nós primeiro porque você está estimulando uma cadeia produtiva saudável, com respeito ao meio ambiente, porque quando você trabalha o peixe como é para ser trabalhado, você protege a questão da pesca artesanal, que é você pegar diretamente do rio sem uma orientação técnica. E por outro lado é geração de emprego e renda”, disse o parlamentar.

A prefeita Vilma Amorim, destacou a importância do festival. “Não é só uma festa, tem também a parte da negociação e do setor turístico. Hoje somos o maior produtor de peixe do Piauí. Esperantina é a terra do peixe e queremos incentivar o pequeno, médio e grande produtor. No evento teremos várias atividades voltadas para os produtores. O Sebrae está com a gente desde o começo e no Festival vamos ter capacitações voltadas a produção, a como tratar o animal, até mesmo relacionada a gastronomia. Também teremos rodadas de negociações, aliás é bom destacar que a Câmara Setorial tem trazido resultados positivos e para incentivar cada vez mais os nossos produtores, queremos até mesmo implementar o filé de peixe na merenda escolar, dessa forma incentivando os piscicultores”, disse a prefeita.

O secretário de Cultura Fábio Novo, explicou que o evento contará com atrações locais e nacionais. “Esse é um festival eu está dentro do calendário oficial, são quatro dias onde temos a parte dos negócios, mas também temos a questão cultural e do turismo muito juntas. O mais importante é que mesmo depois do evento, a parte dos negócios continua, isso é que é o mais legal”, destacou.

MAIS NA WEB