Política

Wellington pede prazo para decidir se PSD terá vaga de senador

O assunto foi tratado durante reunião da bancada do partido na manhã desta segunda-feira (11).

GERMANA CHAVES

- atualizado

Somente em janeiro do próximo ano o governador do Piauí Wellington Dias (PT) dirá ao deputado federal Júlio César Lima, presidente do Diretório do PSD do Estado, se ele ocupará ou não a tão cobiçada vaga de senador na chapa governista em 2018. O prazo estabelecido pelo governador foi um dos pontos discutidos durante reunião da bancada do partido na manhã desta segunda-feira (11).

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

Outro encaminhamento deliberado no encontro, tratou do destino dos parlamentares da sigla. Júlio César reafirmou o desejo de ter o deputado estadual Dr. Pessoa como candidato a deputado federal, isso considerando a possibilidade de ficar com o PSD a vaga de senador. Contudo, caso o presidente do partido não obtenha êxito neste pleito ele volta à estaca zero e vai tentar a reeleição. Com isso, Dr. Pessoa estaria livre para decidir se segue como candidato a Câmara Federal ou se vai se lançar como alternativa ao Senado Federal, em uma candidatura avulsa, mas com o apoio integral do PSD.

Diante das possibilidades colocadas até esse ponto, é preciso ponderar que o desenrolar dos fatos vai depender da resposta do governador Wellington Dias. Além do mais, ainda é precoce dizer que Dr. Pessoa estaria de acordo com essa estratégia, pois como diz o ditado ‘gato escaldado tem medo de água fria’, basta rememorar a experiência que ele teve no pleito de 2016 quando disputou a Prefeitura de Teresina sem o apoio necessário do próprio partido, mesmo com a “carrada” de promessas da executiva estadual.


MAIS NA WEB