Piauí

Wellington vai ao STF para evitar privatização da Eletrobras 

"A ministra disse que já comunicou a AGU e está aguardando o pronunciamento do Governo Federal para o posicionamento", informou Dias.

- atualizado

O governador piauiense Wellington Dias (PT) esteve em audiência com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber para tentar evitar o processo de privatização da Eletrobras no Piauí. A reunião ocorreu nesta quarta (06), em Brasília.

De acordo com o governador, evitar o processo é extremante necessário e a principal argumentação é que o Governo Federal comprou a antiga Cepisa e não pagou. "A ministra disse que já comunicou a AGU e está aguardando o pronunciamento do Governo Federal para o posicionamento", informou Dias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington DiasWellington Dias

"O Piauí não pode ficar no prejuízo. É minha obrigação enquanto governador do Estado buscar garantir isso. Como já nos posicionamos na Carta dos Governadores, é preciso que haja diálogo e responsabilidade em todo esse processo que envolve tanto a Eletrobras como a Chesf", enfatizou Wellington Dias.

Na oportunidade, o chefe do Palácio de Karnak também teve a confirmação do Supremo sobre o pagamento da diferença de recursos do Fundeb. "Aqui nós tivemos uma boa notícia para os Estados que é a confirmação do direito de receber a diferença dos recursos do Fundeb. Lá atrás, o Governo Federal pagou um valor menor e agora temos a confirmação da obrigação do pagamento pelo STF, o que já era um entendimento do STJ", comentou o governador piauiense.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB