Os conteúdos que você se dispõe a ver podem incluir textos, imagens ou outros materiais para adultos. Esses conteúdos são dirigidos especificamente para pessoas maiores maiores de 18 anos, segundo a legislação aplicável, tenham plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo. Fica, terminantemente, proibido o acesso a esses materiais por aqueles que não cumpram tais requisitos. Caso você não atenda a algum dos requisitos anteriormente expostos fica obrigado a clicar em NÃO ACEITO.

Clicando em ACEITO, você declara expressamente que é maior de 18 anos, tem plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo, deseja ver conteúdos de caráter sexual destinados exclusivamente a adultos, não considera ofensivos materiais relativos a nus ou outras atividades sexuais e abandonará, imediatamente, os conteúdos caso os considere ofensivos.

Tenho mais de 18 anos e ACEITO os termos Sou menor de 18 anos e NÃO ACEITO os termos

Processando... Processando sua solicitação



Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
11/07/2012 - 09h42

Enfim comendo o cuzinho da minha deliciosa Sobrinha safadinha

Imagem: ReproduçãoClique para ampliarComedo um cuzinho(Imagem:Reprodução)Comedo um cuzinho
Depois de arregaçar o cuzinho delicioso da minha linda sobrinha e acabar de vez com qualquer prega que teimava em existir no seu cuzinho, nós fomos tomar um delicioso banho juntos.

E já debaixo do chuveiro eu tinha a visão completa do seu corpo maravilhoso, e não resistindo a grande tentação comecei a ensaboar e acariciar cada parte do seu lindo corpo, e logo estávamos nos beijando e roçando os nossos corpos.

E o tesão só ia aumentando, ai segurei os seus magníficos seios de ninfeta, grandes, firmes, e comecei a chupar aquelas delicias, e minha sobrinha foi punhetando a minha rola e de repente ela se abaixou e caiu de boca, ela chupava a minha rola e me olhava com cara de safada.

Era maravilhoso ver a minha sobrinha com toda a minha rola dentro da sua boca, ela não só viu como sentiu a minha rola crescer na sua boquinha, e depois de um tempo eu não aguentei e enchi a boquinha linda dela de porra, e não se fazendo de rogada ela engoliu tudo.

Ai peguei ela no colo e levei ela para cama, coloquei ela cama e fiquei admirando o seu lindo corpo, e disse a ela, como você cresceu menina, te vi nascer e crescer e hoje você esta um mulherão, gostosa igual a sua mãe, quero te foder muito ainda, e na hora ela respondeu, tio você ira me foder muito ainda e não será só hoje, será para o resto das nossas vidas, serei para sempre a sua amante, para sempre você terá mãe e filha, ou se preferir irmã e sobrinha.

Ai começamos um delicioso 69, e pela pouca experiência ela estava dando um show, colocava e tirava o meu pau da boca, chupava meu saco e minhas bolas,, começava chupando as minhas bolas e ia até a minha barriga, depois ela pediu, fode a minha boca com força segurando a minha cabeça, e foi o que fiz, dava várias estocadas fortes que a minha pica batia no céu da sua boca.

Enquanto isto eu chupava deliciosamente a sua bucetinha linda, cheirosa e suculenta, passava a língua pelos seus grandes lábios vaginais, colocava a língua dentro da sua bucetinha e fodia ela com a minha língua, levando a minha sobrinha a loucura, que ela chegava a se contorcer na cama.

Ai louca de tesão a minha sobrinha implorou para eu fuder a sua buceta, e disse hoje eu vim disposta a só levar no cuzinho, mas depois de um trato deste, não tem como não dar a bucetinha eu não vou aguentar ficar sem levar rola dentro dela, então fode a buceta da sua putinha.

E de frente para mim ela foi lentamente sentando na minha rola, até que minha rola sumiu por completo dentro da sua buceta quente e úmida, e ela começou a cavalgar como uma amazona cavalga o seu cavalo alazão, seus peitos enormes saltavam na minha frente, como que pedindo para serem chupados, eu comecei a sugar os seus seios e os bicos dos seus peitos ficaram duros como uma rocha e pareciam querer saltar do seu corpo.

Nisto minha sobrinha olhou para mim gemendo de tanto tesão e disse, eu me tornei uma puta mesmo, uma verdadeira vadia, não resisti a tentação e vim procurar o meu próprio tio, e agora estou na cama dele, sendo fodida por ele de todo o jeito, e para provar que sou uma verdadeira puta quero que me coloque de 4 e rasgue o meu cú sem dó nem piedade, por que puta que é puta da o cú e de 4 para o seu macho.

Coloquei ela de 4 em cima da cama, apontei a minha rola na entrada do seu cuzinho e minha sobrinha falou, vem soca a sua rola com força no meu rabo, preenche todo o meu cuzinho com a sua deliciosa rola, e sem dó de uma única vez soquei vara no cuzinho dela.

Minha sobrinha estava ficando mestre na arte de dar o cuzinho, ela pediu para mudar de posição, e agora comigo deitado, ela de frente para mim sentou gostoso na minha rola, seu cuzinho agora além de preenchido estava todo aberto, igual a uma flor desabrochando, e era o desabrochar de uma nova mulher que estava desabrochando para todos os prazeres do sexo.

E minha sobrinha cavalgava cada vez mais forte e mais rápido na minha rola e começou a rebolar freneticamente na minha rola, ela gemia, mordia os lábios, me apertava, fechava os olhos, e falava igual a uma puta, uma cachorra, vai tio arregaça de vez o cú da sua sobrinha, me fode com força, arrebenta o rabo da sua putinha, quanto estivermos fodendo eu não sou mais a sua sobrinha, e sim a maior das sua putas, me fode sem dó, me bate, me chinga, me chama de vadia, de puta, piranha, do que você quiser, senta a mão na minha bunda, enche o meu cú de rola.

Ai eu pedi para ela sentar na minha rola, mas agora de costas para mim, assim eu poderia ver a sua bunda maravilhosa subindo e descendo na minha rola, e minha rola entrando e saindo do seu anelzinho rosado, eu segurava e apertava com força o seu bumbum, batia na sua bunda, e falava, vai sua cachorra vadia, rebola na vara do seu tio, mexe bem gostoso, mostra como você gosta de rola, afinal não foi para isto que você me procurou, para levar rola de todo jeito, veio me procurar pois gostou de dar e sentir a rola do seu tio, né sua putinha safada?

E minha sobrinha cavalgava cada vez mais rápido e com mais tesão, e dizia sou puta mesmo e dai, ninguém tem nada a ver com isto, estava sim morrendo de vontade de dar para você de novo, e não acredito que quebrei todos os meus receios e pudores e do dia para a noite me tornei a puta do meu tio, agora estou aqui com o meu cuzinho cheio de rola, a partir de hoje sempre serei a sua puta, quero sempre ter a sua rola enterrada dentro da minha buceta e dentro do meu cú.

E disse ainda quero ser a sua melhor puta, que me trate como uma verdadeira puta quando estivermos transando, quero satisfazer todos os seus desejos, sejam eles qual forem, pois seus desejos serão os meus desejos e quero que você também satisfaça todos os meus desejos, aqui não estará mais a sua sobrinha que você viu nascer e crescer, e sim uma puta que você viu nascer para os prazeres do sexo, me veja como uma puta rampeira que gosta de ser fodida.

Ai ela disse então vai me bate, me chinga, soca rola no meu cú e me arregaça, eu hoje e sempre serei a sua puta,faz o que quiser comigo, soca forte e sem dó esta rola no meu rabo, minha sobrinha cavalgava e sussurrava como uma verdadeira puta, parecia uma cadela no cio, falei que estava prestes a gozar, e ela disse goza no meu rosto, nos meus seios.

Ai ela se levantou e deitou na cama e segurando na minha rola foi direcionando os jatos de porra para os seus peitos,seu rosto, seu cabelo e sua barriga e tratou de espalhar o resto com suas mãos, ai levantamos fomos para mais um banho e ela estava insaciável e queria mais, mas o final desta nossa transa eu conto depois.

Fonte: casadoscontos.com.b

Keywords: sobrinha, cuzinho, buceta, rabo, minha rola, minha sobrinha, sobrinha cavalgava, vadia, fode


Saiba mais sobre Contos Eróticos

Leia também