Os conteúdos que você se dispõe a ver podem incluir textos, imagens ou outros materiais para adultos. Esses conteúdos são dirigidos especificamente para pessoas maiores maiores de 18 anos, segundo a legislação aplicável, tenham plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo. Fica, terminantemente, proibido o acesso a esses materiais por aqueles que não cumpram tais requisitos. Caso você não atenda a algum dos requisitos anteriormente expostos fica obrigado a clicar em NÃO ACEITO.

Clicando em ACEITO, você declara expressamente que é maior de 18 anos, tem plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo, deseja ver conteúdos de caráter sexual destinados exclusivamente a adultos, não considera ofensivos materiais relativos a nus ou outras atividades sexuais e abandonará, imediatamente, os conteúdos caso os considere ofensivos.

Tenho mais de 18 anos e ACEITO os termos Sou menor de 18 anos e NÃO ACEITO os termos

Processando... Processando sua solicitação



Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
02/05/2012 - 10h25

Minha esposa deu para meu primo

Atualizada em 04/05/2012 - 08h43
Imagem: ReproduçãoClique para ampliarMinha Esposa deu Pro Meu Primo(Imagem:Reprodução)Minha Esposa deu Pro Meu Primo
Bom, o que vou contar agora realmente aconteceu, só vou mudar os nomes.
Sábado (31/03/2012) eu Jonas e minha esposa Cintia fomos para o sitio do Marcio/amigo, como esse sitio é um pouco longe levamos roupa pro caso de beber muito e precisar dormir.
O sitio é bem simples, na verdade é uma chácara onde serve somente para festa, não mora ninguém La.
Tinha bastante gente, vários amigos e familiares do nosso amigo, por volta de umas 22hs da noite um primo Luiz me liga e pergunta onde estávamos, falei que estava nesse tal chácara, ele meio sem o que fazer na cidade perguntou se podia ir La, falei que sim é claro, o Luiz chegou, apresentei ele ao Marcio (dono da chácara) e começamos a tomar cerveja.
Minha esposa e bem safadinha, gosta de se mostrar com calças apertadas e ficar se insinuando pra mim perto dos meus colegas, ela é bem gostosa, baixinha, peito pequeno mas uma bunda deliciosa, 26 anos de pura tesão.
Era quase meia noite quando meu primo pegou no carro uma garrafa de Vodca e uma 5 latinhas de energético, minha esposa não bebe nada de álcool, somente suco e água, mas mesmo assim gosta de ficar falando coisas picantes na frente dos outros....
Começamos a tomar essa vodca com energético, o meu primo ofereceu um pouco a ela, então ela não quis, disse que não gosta de bebida e tal, mas meu primo insistiu e numa brincadeira disse que era pra ela beber pra poder dormir comigo essa naquela noite, como falei antes ela gosta muito de falar besteira, já falou pra ele: não precisa de bebida pra dormir com ele, na verdade essa noite nem sei se vamos dormir, acho que vamos passar a noite toda dano uma trepada, todos caíram na risada e coisa parou por ai, mudaram o assunto.
A minha esposa falou pra mim que ia beber um pouco então, só pra dar uma alegrada e da uma fudida mais gostosa (palavras dela no meu ouvido) minha pica ficou dura na hora....
Ela se levantou e foi pegar o gelo na cozinha, quando ela levantou todos olharam na bunda dela, uma calça preta bem justa com um fio dental no rego, uma delicia, fiz de conta que não percebi, adoro que meus amigos ficam de pau duro por ela....
Assim que ela voltou e pegou um pouco de vodca com o energético, ai foi a vez do Marcio foi zuar ela, pensou melhor né Cintia, se sem tomar já ia passar a noite dando uma trepada, imagina agora então , e mais uma vez todos riram, e assim ficamos tomando, cerveja e vodca.
Derrepente todos começaram a ir embora, pai, mãe, família, alguns amigos do dono da chácara, com uns 20 min todos já tinha ido, ficando somente eu minha esposa, meu primo e o Marcio, continuamos sentado na área tomando cerveja, pois a vodca estava acabando e minha esposa pediu pra que parássemos de beber pra sobrar pra ela, já que não gosta de cerveja.
Continuamos a beber quando começou a conversa de sexo, o meu primo conta uma historia, o Marcio conta outra, quando eles sai com garotas de programa e outras coisas.
Quando o meu primo pergunta se não temos historia pra contar, falei que não, pois estamos junto praticamente dês de criança e então nossas historia era somente de nos 2 juntos, então ele falou que td bem, podia contar já que só estava nos mesmo, foi quando minha esposa falou que não, que não gostamos muito de contar e sim de fazer.....
Novamente caímos na risada, o Marcio então contou uma historia que tinha saido com 2 garotas, minha esposa logo falou ai credo 2 garotas, melhor 2 homens né, e olhou pra mim com uma cara de safada que só ela tem, sempre que estamos transando, falamos no assunto de ela dar pra 2, eu e mais um, mas sempre ficou na fantasia, nunca saiu disso.
Quando ela falou que seria melhor 2 homens o Marcelo já falou, ué o Jonas não ta dando conta não, ela meio sem graça falou, acha to zuando, somente meu marido da conta do recado e se levantou e foi buscar mas gelo, levante e fui atrás, como a assunto estava quente eu estava de pau duro, ela pegando gelo no freezer, cheguei e encostei o pau na bunda dela, ela falou, nossa que pica dura, porque ? é por que o Marcelo falou que saiu com 2 mulher ? eu falei não é porque vc falou que é melhor 2 homens, ela meio sem graça falou para com isso, tava brincando seu safado, enfiei a mão em sua calça e coloquei coloquei em sua bucetinha, estava toda molhada, então perguntei e vc porque está toda molhada? Ela falou pelo assunto, me deixou doida pra dar uma fudida.
Voltamos La pra fora e continuamos bebendo, mas o assunto esfriou, o Marcelo disse que ia dormir pois já estava bêbado levantou e foi pra um quarto.
Ficou somente nos 2 e meu primo, quando ela disse que ia embora, falamos não, fica e dorme aqui, ele disse que tinha que ir embora pois não havia trazido roupa pra dormir, e que não tinha lugar Tb, pois só tinha dois quarto, um o Marcelo estava usando e sobrou só um que seria nosso, falei mas damos um jeito, vc bebeu muito pra ir embora, ai ele falou, mas olhei la só tem uma cama de casal no quarto, minha esposa falou: não tem problema dormimos nos 3 la, ele ficou meui sem graça com a proposta e eu achei muito estranho minha esposa falando aquilo. Ai ele disse mas como vou dormir de calça jeans e td sujo, minha esposa mandou outra: toma banho e dorme de cueca, deixamos td escuro o quarto, ninguém vai ver nada.
Olhei pra ela e falei ué Cintia ta doida, ela olhou pra mim rindo e disse : nem sei que to falando, já estou bêbada, mais uma vez caímos na risada, nisso meu primo foi tomar banho, olhei pra ela e falei: mor vc ta muito safadinha hoje em, ela disse: to nada, só to louca pra dar pra vc, eu falei: pra mim e pra nos dois ela disse: ta louco só pra vc, a não ser que vc queria que eu dou pra ele também, me deu uma raiva, mas na mesma hora meu pau ficou duro, olhei pra ela e falei: vc que sabe, ela disse: ta Louco to só brincando.
Passou um pouco meu primo saiu do banheiro, com a mesma calça,tomou banho e pois a mesma roupa, falei mor vamos tomar banho, entramos os 2 no banheiro e meu primo foi pro quarto, tiramos a roupa e começamos a nos beijar, meu pau estava muito duro, logo paramos e terminamos o banho, sai primeiro e fui pro quarto, cheguei La meu primo estava deitado na cama de cueca e coberto por um edredom, sentei do lado na cama e fiquei conversando com ele, quando ele me perguntou se poderia realmente dormir no quarto com a gente, já que estava de cueca, falei pra ele que se a Cíntia estava de acordo , por mim não teria problema.
Passou um pouco ela chegou enrolada na toalha, pediu pro meu primo fechar o olho que ia se trocar, ela tirou a toalha e colocou somente uma calcinha normal na frente mas atrás era de fiu e um sutiã, não colocou a roupa de dormir, ai falou que meu primo poderia abrir o olho, falei amor não vai colocar nada, ela disse, não o Luiz e vc está de cueca, vou ficar de calcinha também, nisso meu pau ficou duro de novo.
Ela veio e se deitou no nosso meio, falei amor deita aqui do outro lado que deito no meio, eu queria ver ela dando pra ele, mas não tinha coragem, ela pulou por cima de mim e deitou do outro lada, meu primo falou assim, vai La e apaga a Luiz, pra eu poder sair de baixo desse edredom, pois estou morrendo de calor, a hora que fui levanta minha esposa falou: deixa que ele apago, levantou rebolando e olhando pra traz pra ver se estávamos olhando.
Apagou a Luiz e voltou e deitou, meu primo então tirou o edredom, mas o quarto não ficou tão escuro, por tinha uma telha de vidro e a lua estava cheia, o quarto ficou parcialmente escuro, minha esposa falou assim amor não gosto de dormir na berada da cama, vou acabar caindo, meu primo falou : por mim pode dormir aqui no meio, durmo bem na berada , nem relo em vc, pode amor ela falou, falei claro que pode.
Então ela veio pro meio da cama e ficou virada pra mim e de bunda pro meu primo, começou a me beijar e pegar no meu pinto, o meu primo fingindo que não estava percebendo nada e eu meio sem graça pela situação, mas o tesão só aumentava, quando percebi que ela estava se curvando pra traz e encostando a bunda no meu primo, não estava mais aguentando, já estava quase gozando, quando meu primo falou, gente fica a vontade, faz de conta que não estou aqui , logo eu já durmo.
Nisso ela aumentou a punheta que estava batendo pra mim e eu comecei a passar a Mão em sua bunda, meu primo não viu que eu estava com a mãe em sua bunda, se virou e foi encostar o pau na bunda dela, mas foi direto em minha mão, estava mais duro que o meu, e parecia ser bem maior também, como estava com muito tesão, tirei a mão pra ele pode colocar o pinto na bunda dela, ele percebeu e começou a se esfregar nela.
Ela falou assim, que é isso trem grande ai atrás Luiz ele falou nada não, foi sem querer, ai eu falei pra ele pode aproveitar um pouco eu deixo, minha esposa falou: mas quem tem que deixar sou eu, então falei: pede pra ela Luiz ele falou posso Cíntia ela disse só um pouquinho, nisso se abaixou e começou a fazer uma chupeta pra mim e tirou o sutiã, meu primo foi atrás dela e começou a passar a mão em sua bunda e logo já tirou a calcinha e chupar sua buceta, ela ficou louca de tesão veio e começou a me beixar e falou bem baixinho no meu ouvido: amor pede pra ele me comer, falei pro meu primo: come ela um pouco, mas só um pouco, ele falou pode mesmo, falei claro, antes de terminar ela já deu um gemido mais auto, tapei a boca dela, pois o nosso outro amigo estava no outro quanto dormindo, ele começou a comer ela, e eu fui até o outro quarto ver como o Marcio estava, abria a porta de vagar e ele estava roncando, poderia cair o mundo que ele não ia acordar.
Quando voltei no quarto fui entrando e como o quarto não estava muito escuro, dei pra ver certinho ela sentando no pau dele, cheguei perto e comecei a beijar ela e chupar seus peitos, ela pegou minha mão foi abaixando ate a buceta dela e falou: olha oque estou aguentando, nisso ela levantou muito e a pica do meu primo foi parar na minha mão, era muito grande e grossa, bem maior que a minha, ela olhou pra mim e falou, nossa amor olha o tamanho dessa pica, será que quento no cuzinho, olhei e falei não sei, faz muito tempo que não da o cu pra mim não sei se quenta, ela falou mas vou tentar.
Saiu de cima dele, ficou de quatro e pediu pra eu comer o cu dela primeiro, enfiei de vagarzinho e ela gemendo, meu primo foi e colocou o pinto na boca dela e ela ficou chupando ele e dando o cu pra mim.
Ficamos um 10 min assim, ela saiu mandou meu primo deitar na cama novamente e sentou no pau dele, mas como a pica dele é muito grossa, não entrava, então ela pediu pra eu passar saliva no cu dela, a hora que fui passar ela falou assim : passa direto no pau dele, falei ué amor ta doida, ela disse sempre quis ver vc chupando uma pica dessa, e já que estamos aqui chupa pra eu ver, fiquei meio com vergonha, mas fui e peguei aquele pauzão e comecei a bater uma punheta e logo coloquei na boca, ela se virou e começou a chupar junto comigo, hora eu hora ela chupando e nos beijando., deixamos bem babado e pica dele e ela sentou , nisso pediu pra eu chupar a buceta dela, cai de língua, ela tirava a pica dele e colocava na minha boca, ficamos assim uns 15 mim e ela não aquentou, gozou td dentro do cu dela, ela saiu de cima dele e começou a chupar aquela pica toda melada de porra e ainda saiu um pouco de porra na boca dela.
Ele se levantou e foi pro banheiro tomar banho, ela veio pro meu lado e começou a me beijar com a boca cheia de porra e já sentou no meu pau, eu enfiava na buceta dela e escorria porra do seu cu.
Ela então levantou e veio fazer um 69, começo a chupar meu pau e não me deixou escolha, cai de boca naquele cu e naquela buceta toda melada, não dei muito tempo e gozei td na boca e na cara dela, ela se virou e começou a me beijar de novo, eu com a boca cheia de porra do meu primo e ela com a cara cheia da minha porra.
Meu primo voltou pro quanto e nos fomos tomar banho, ela olhou pra mim e falou amor que loucura fizemos, falei loucura mesmo, ela disse mas foi muito bom, um dia faremos de novo.
Voltamos pro quarto meu primo mal olhava pra gente, falei pra ela que não contasse pra ninguém, que era pra esquecermos o que aconteceu naquela noite, ele concordou e fomos dormir.
Acordamos no outro dia como se nada tivesse acontecido eu e minha esposa não tocamos mais no assunto, quem sabe um dia faremos de novo.

Fonte: Acervodecontos.com

Keywords: sexo, primo, minha esposa


Saiba mais sobre Contos Eróticos

Leia também