Os conteúdos que você se dispõe a ver podem incluir textos, imagens ou outros materiais para adultos. Esses conteúdos são dirigidos especificamente para pessoas maiores maiores de 18 anos, segundo a legislação aplicável, tenham plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo. Fica, terminantemente, proibido o acesso a esses materiais por aqueles que não cumpram tais requisitos. Caso você não atenda a algum dos requisitos anteriormente expostos fica obrigado a clicar em NÃO ACEITO.

Clicando em ACEITO, você declara expressamente que é maior de 18 anos, tem plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo, deseja ver conteúdos de caráter sexual destinados exclusivamente a adultos, não considera ofensivos materiais relativos a nus ou outras atividades sexuais e abandonará, imediatamente, os conteúdos caso os considere ofensivos.

Tenho mais de 18 anos e ACEITO os termos Sou menor de 18 anos e NÃO ACEITO os termos

Processando... Processando sua solicitação



Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
25/05/2012 - 11h33

Perdendo o cabacinho com o homem da net

Imagem: ReporduçãoPerdendo o cabacinho com o homem da net(Imagem:Repordução)Perdendo o cabacinho com o homem da net

Olá me chamo nathy(fictício) tenho 18 aninhos, sou loira, magra, cabelos compridos, porém tenho uma bunda de dar inveja a muitas mulheres... Mas vamos ao conto... Tive uma criação muito severa, uma formação judaica, não tinha coragem de tocar no assunto com minhas amigas e não tinha essa abertura em casa também, mas sentia que dentro de mim existia uma puta...adorava me tocar mas nem fazia idéia de como era uma masturbação.Sempre que ficava com os meninos da minha escola eles faziam de tudo pra rolar o sexo mas eu tinha muita vergonha nao deixava nem eles passarem a mao em mim, ate que um dia, ouvi uma conversa de uma vizinha, ela parecia ser um pouco doida tinha 21 anos e 3 filhos ela conversando com uma amiga dela dizendo que os homens mais velhos realmente sabiam como fazer um sexo bem gostoso. Eu Tinha 14 anos na época e resolvi fazer o cadastro num site de paquera que conheci ouvindo meu irmão de 28 anos comentando com um amigo dele. No dia seguinte do cadastro entrei no site e vi que um monte de caras tinham visitado minha pagina... Feliz da vida vi que um cara que vou chamar de M.A de 34 anos havia deixado uma mensagem pra mim dizendo que ficou muito interessado, logo adicionei ele no msn, e conversamos por uma semana, contei da minha vida e que era virgem, ele logo disse que queria me ver, e que iria me ensinar como se fazia um sexo bem gostoso,apesar da dificuldade de inventar uma desculpa pra sair de casa consegui marcar o encontro inventei um trabalho da escola e meu pai deixou eu sair, o M.A me pegou na esquina de casa, quando o vi meu coração saltava de tanta.ansiedade.. Ao mesmo tempo vinha o medo e, por frações de segundo pensei em voltar correndo pra casa, mas sentia que eu precisava perder a virgindade; eu mal conseguia falar com ele até chegarmos em sua casa.. Só respondia o que ele perguntava e estava vermelha de vergonha ... No carro ele já colocou tirou seu pau da calca e disse pra eu olhar , mas como era muito medrosa fiquei olhando de lado... E comecei a fazer cara de choro arrependida... Nesse momento Ele disse; Hey sua gostosinha você não vai se arrepender vem aqui da uma chupada bem gostosa, não fiz por medo e vergonha. Mas logo chegamos na casa dele (ele mora sozinho), quando chegamos na garagem ele me pegou no colo e me levou até o quarto dele, chegando lá ele já tirou toda a roupa, e disse que era pra eu tirar a minha também, eu roxa de vergonha tirei ele disse que primeiro tomaríamos um banho. Durante o banho ele fez com que eu me sentisse bem a vontade, acariciou meus seios chupou... Estava bem gostoso, e disse que era pra mim chupar seu pau e que daquele dia em diante eu seria sua putinha ninfeta, comecei a mamar naquele cacete que por sinal media uns 18 cm o M.A faz academia tem um corpo muito gostoso, e tem varias tatuagens no corpo, eu já estava adorando chupar o pau dele só que não cabia na minha boca, ele disse que estava com vontade de gozar mas que ia segurar mais um pouco, saímos do banho e ele disse que era a vez dele chupar minha bucetinha lisinha... Ele lambia chupava e colocava os dedos dizendo que estava me preparando para tirar meu cabacinho... Eu estava adorando sentir aquela boca maravilhosa me dar tanto prazer... Foi quando gozei pela primeira vez , ele disse que adorou me ver gozar sendo virgem, eu sentia que estava nas nuvens de tanto prazer... Ele me beijou na boca e disse: sente o gosto da sua bucetinha... Eu senti e adorei! Então ele disse que ia buscar uma coisa... Pensei que era camisinha mas ele veio com uma garrafa de vinho e me deu um pouco, mesmo sem conhecer de sexo eu sabia que tinha que usar camisinha, e perguntei pra ele se ele tinha.. A resposta foi não! Percebi que ele ficou nervoso pela pergunta que fiz, ele disse que sempre usava camisinha com outras mulheres mas comigo ia ser diferente e, como eu era virgem não ia ter problema nenhum eu fiquei preocupada pensando nas doenças que poderia pegar,eu estava deitada e ele neste momento não quis conversar sobre o assunto e já foi enfiando aquele cacete dentro de mim, senti muita dor, pois sou pequena, e ele tem um cacete grande.... Ele me perguntava se estava doendo eu dizia que sim mas ele não parava... Tirou um pouco e vi que estava saindo sangue fiquei preocupada ele enfiou de novo...Dizia que estava gostoso e que não ia parar de me fuder e que eu podia continuar gritando que ninguém ia me ouvir... Eu senti muita dor mesmo.. Ele me chamava de vadia, vagabunda, e dizia; agora essa bucetinha vai ser só minha entendeu! Eu estava chorando ele dizia; chora ninfetinha, que eu ainda vou foder esse cuzinho... Eu vi que não tinha mais jeito mesmo e comecei a me tranqüilizar e aceitar tudo aquilo... Afinal se eu disse que queria teria que agüentar .... Parei de chorar e comecei a gemer bem gostoso ele adorou e disse que todos os dias ele iria me fuder bem gostoso e que era pra eu chamar ele de papai rsrs achei estranho mas chamava ele de papai o tempo todo... Depois de gozar na minha bucetinha ele deitou um pouco e não demorou pra seu cacete ficar duro de novo... Ele disse que era a vez da minha bundinha e, que não era pra eu pedir pra parar pq senão eu iria apanhar ; me deu mais um pouco de vinho; eu já estava fraca e tonta então ele mandou ficar de quatro eu mal conseguia me ajeitar... Ele me posicionou do jeito que ele queria... Eu estava exausta, ele lambeu meu cuzinho adorei! Ele disse que o melhor estava por vir... Deixou meu cuzinho bem molhadinho disse que eu tinha que chupar seu pau e chupei bem gostoso, posso dizer que meu grande vicio hoje e chupar um cacete... E depois de chupar por um tempo ele passou a língua mais uma vez no meu cuzinho e colocou a cabeça do pau na entrada... Disse pra eu relaxar pois seria bem melhor do que na bucetinha .... Fiquei bem tranqüila qdo ele disse; mas na hora em que ele começou a enfiar... A dor era imensa... Implorei pra ele parar... Ele disse sua vadia toma rola no cuzinho e deitou por cima de mim. Segurando minha boca.... Socou tudo de uma vez... Meus gritos abafados pareciam música aos seus ouvidos ele metia com gosto e eu via estrelas .... Parecia que nunca acabava e ele disse no meu ouvido que eu tinha tendência a me tornar uma puta... Disse que eu tinha uma bunda maravilhosa e meu cuzinho era melhor ainda....demorou pra ele gozar... E qdo gozou pude ver o estrago que ele fez no meu cuzinho que sangrava e saia porra... Fiquei imóvel na cama e acabei dormindo... NaO sei por quanto tempo mas quando acordei ele já estava metendo na minha bucetinha de novo... Ele contou no relógio e disse que fodemos por 3 horas seguidas e que ele nunca havia sentido tanto tesao em uma mulher como foi comigo e enquanto eu dormia ele me gozou na minha bucetinha por duas vezes....fomos tomar banho pq eu tinha que voltar pra casa... No banho ele mandou eu chupar ele mais uma vez.... Ele queria me foder de novo mas o seu pau estava sensível demais... Depois desse dia perdi a vergonha e o medo.... Até consegui sair mais 5 vezes com ele.. Depois me viciei e comecei a chupar a rola de alguns amigos quando a gente ia embora da escola mas depois eu conto.... Bjo bem gostoso! Confesso que sou uma biscate... Mas em casa ninguém sonha :-)

Fonte: Contosonline.com

Keywords: camisinha, vergonha, bucetinha


Saiba mais sobre Contos Eróticos

Leia também