Os conteúdos que você se dispõe a ver podem incluir textos, imagens ou outros materiais para adultos. Esses conteúdos são dirigidos especificamente para pessoas maiores maiores de 18 anos, segundo a legislação aplicável, tenham plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo. Fica, terminantemente, proibido o acesso a esses materiais por aqueles que não cumpram tais requisitos. Caso você não atenda a algum dos requisitos anteriormente expostos fica obrigado a clicar em NÃO ACEITO.

Clicando em ACEITO, você declara expressamente que é maior de 18 anos, tem plena capacidade para acessar produtos relacionados a sexo, deseja ver conteúdos de caráter sexual destinados exclusivamente a adultos, não considera ofensivos materiais relativos a nus ou outras atividades sexuais e abandonará, imediatamente, os conteúdos caso os considere ofensivos.

Tenho mais de 18 anos e ACEITO os termos Sou menor de 18 anos e NÃO ACEITO os termos

Processando... Processando sua solicitação



Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
08/08/2012 - 10h14

Transei com o pai da minha melhor amiga

Imagem: ReproduçãoTransei com o pai da minha amiga(Imagem:Reprodução)Transei com o pai da minha amiga

Oi! Aqui estou eu de novo, para contar o que mais aconteceu entre mim e o pai de minha amiga. Quem não leu o primeiro conto, é aconselhável que leia para entender o desenrolar da história. Como eu havia dito no conto anterior " Transei com o pai da minha amiga" aquela foi só a primeira vez que transei com Carlos, aquele homem mais velho, casado e que assim como eu, fazia o que tinha vontade sem se preocupar com os riscos. Depois da primeira transa quente que tivemos,ainda naquela noite, fomos pro banheiro tomar banho. Carlos me disse que queria me dar banho, tocar todas as partes do meu corpo porque estava encantado comigo, deve ser pq eu era vinte e poucos anos mais nova. Fomos para debaixo do chuveiro e Carlos colocou sabonete líquido nas mãos e começou a passar nos meus ombros, ia descendo pelos meus seios, que já estavam com os biquinhos duros com aquele toque, passava as mãos pela minha barriga, ia descendo até minha bucetinha que tava toda molhadinha e vermelha ainda por causa do jeito forte que Carlos me fudeu na noite, ele me disse que passaria horas ali alisando aquela bucetinha lisinha. Me virei de costas e coloquei as mãos na parede e Carlos começou a acariciar minhas costas, foi descendo as mãos passando no meu bumbum...a água descendo ia tirando o sabão do meu corpo...quando senti ele estava me abraçando por trás e senti seu pau duro entre minhas pernas... Carlos com a boca perto do meu ouvido, falou " Sente como vc me deixou" e eu sentia a cebecinha do seu pau passando na minha buceta, enquanto isso ele passava as mãos nos meus seios, apertava, passava as mãos pela minha cintura e eu estava tão excitada que comecei a me mexer, ia pra frente e pra trás, sentindo a cabecinha do seu pau passando na minha buceta... Carlos falava " Continua assim gostosa, continua que daqui a pouco meu pau vai entrar nessa bucetinha" meu tesão só aumentava. Com a bunda bem empinada, eu pedia " Enfia a cabecinha do seu pau na minha buceta" " Deixa eu sentir a cabecinha dentro de mim" Carlos sabia como me enlouquecer, segurou seu pau e começou a dar batidinhas na minha buceta, eu gemia de tanto tesão... Carlos pediu pra eu me virar de frente e se abaixou, colocando minha perna sobre seu ombro e começou a dar beijinhos na minha buceta.. eu ficava olhando akela cena..ele com a cabeça entre minhas pernas..olhava pra mim e dizia " Posso lamber essa bucetinha gostosa? posso chupar bem gostoso, passar a língua nela todinha?" Eu respondia " Ela é toda sua". Carlos com os dedos abriu um pouco as laterais e começou a chupar minha buceta, meu grelhinho tava durinho e ele chupava muito...eu segurava a cabeça de Carlos, pq não queria que ele afastasse nem um segundo de mim...eu gemia muito alto..pedia pra ele não parar, falava pra ele continuar chupando, enquanto isso ia acariciando meus seios e passava a mão pelo meu corpo...Carlos, chupava cada vez mais forte e passava a língua bem rápido...eu sentia meu mel escorrendo...sabia q ele estava com a boca toda meladinha... Quando viu que eu estava quase gozando, pq minhas pernas tremiam de tanto prazer que eu estava sentindo, ele começou a chupar intensamente e eu gritava de tesão...e anunciava que ia gozar....Nossa gozei apertando o rosto dele contra minha buceta e ele lambia e enfiava a língua bem forte...gozei muito na boca de Carlos..logo ele se levantou e começou a beijar minha boca. Nos beijamos muito, nossas línguas estavam cheia do meu gozo..sentia o cheiro da minha buceta na boca de Carlos...adorava aquela sensação... Ele ter me feito gozar assim me deu mais tesão...enquanto o beijava, passava minha mão no seu pau e falava no seu ouvido " Agora é minha vez". Adoro chupar um cacete, muitas vezes eu quase gozei, só mamando um pau bem duro...chupava com vontade mesmo. Me abaixei e comecei a lamber o saco de Carlos enquanto batia uma punheta pra ele...chupava as bolas de Carlos e ele falava " Que delícia, chupa minha bolas" " Vai gostosa, mama meu cacete sem parar" Segurei o pau de Carlos e comecei a batê-lo no meu rosto, na minha língua. Depois passava minha língua na cabecinha do seu pau...passava os dentes como se fosse morder e não parava de masturbar seu pau... Quando Carlos via o líquido do seu pau na minha língua, ele ficava louco... Implorava pra eu colocar seu pau todo na minha boca. Comecei a engolir seu pau todo, queria sentir a cabeça encostando na minha garganta..me fazendo engasgar...coloquei o pau de Carlos todinho na boca e fiquei parada...sentindo aquele pau duro..todo na minha boca...Carlos gemia...segurava minha cabeça.... Tirei o pau de Carlos da minha boca e passando a mão nele bem devagar, olhei pra Carlos e ele falava " Deixa eu comer sua buceta, não quero gozar sem meter na sua buceta" Eu falei que ia dar sim minha buceta pra ele fuder, mas antes queria ele metendo seu pau na minha boca como se fosse minha buceta...Carlos falou " Ah é sua puta..quer q eu foda sua boca...vc é muito safada" Começou a meter seu pau na minha boca, mas por pouco tempo pq logo disse " Tenho que parar, se não vou gozar. Caralho!!!" " que boquinha gostosa essa sua" Me levantei e me virei de costas pra Carlos coloquei minhas mão na parede do banheiro e fiquei na ponta dos pés abrindo meu bumbum, afastei as pernas e empinei minha bunda e falei " Não é isso que vc quer? Vem meter na minha buceta vem...." Carlos deu um tapa na minha bunda e enfiou com tudo seu pau e começou a comer minha buceta bem forte...puxava meu cabelo..ficava com sua boca perto do meu pescoço e do meu ouvido..sentia sua respiração e ele sussurrava no meu ouvido..me chamava de puta...falava " Toma...é isso que vc merece" e metia bem forte... " Eu gemia alto" Pedia mais forte.. Carlos atendendo meu pedido socava tão forte seu pau na minha buceta que até me tirava do chão... No meu ouvido ele perguntava" Vc vai deixar eu gozar nessa bucetinha?" Vai deixar eu enchê-la de porra vai?" Eu respondia: " Vc vai gozar onde quiser..." Carlos começou a me fuder mais forte e mais rápido...o barulho do seu pau entrando e das suas bolas batendo na minha buceta ecoavam no banheiro... Foi então quando me disse q ia gozar..eu tava com tanto tesão que ia gozar junto com ele..pedi para ele morder minhas costas. Ele então com a boca nas minhas costas deus as últimas estocadas e nos dois gozamos muito...eu estava de pernas bambas...Carlos me abraçou e me segurou...Ficamos um tempo abraçados, até que nos acalmamos... Ficamos aos beijos e abraços embaixo do chuveiro.. Carlos disse que minhas costas ia ficar marcadas com a mordida...Eu ri e disse q não tinha problema..que ia me lembrar dele sempre q alguém perguntasse kkk. Qndo acabamos de tomar banho...Carlos mandou eu olhar pro seu pau e me disse admirado" Já tô de pau duro de novo. Vc me dá tesão demais" Eu ao ver akele pau duro..pedi pra me despedir dele por aquela noite..Carlos ficou sentado na cama e eu ajoelhada, comecei a mamar devagar seu cacete, passava a língua com carinho pq o pau de Carlos estava muito sensível...com minha boca toda molhada eu fui chupando com carinho..Carlos gemia muito...dizia que tava uma delícia..e eu chupava seu pau todo...olhei para Carlos e lambi seu pau todo..passei a língua nele todo...me levantei e beijei sua boca e disse " Quero que vc durma assim, com gostinho de quero mais" Ele riu e disse " Vc me deixa louco" Me virei e saí nua do quarto de Carlos, com minhas roupas na mão e fui dormir.O dia já estava amanhecendo. No dia seguinte a esposa de Carlos chegou e.... O que aconteceu fica pro póximo conto. Espero que tenham gostado do que leram. Qualquer coisa, podem comentar aqui ou me mandem e-mails: mulher.gostosa024@gmail.com.

Curta a página do GP1 no facebook: http://www.facebook.com/PortalGP1

Fonte: Contoseroticos.org

Keywords: seios, banheiro, amiga, buceta, bucetinha, minha boca


Saiba mais sobre Contos Eróticos

Leia também