Colunista Genevaldo Silva
GP1

Prefeito Bernildo Val vai gastar R$ 123 mil na compra de urnas e serviços funerários


O prefeito do município de Buriti dos Lopes, Bernildo Val, abriu licitação no valor de R$ 123.204,21 (cento e vinte e três mil duzentos e quatro reais e vinte e um centavos) para contratar uma empresa para fornecer urnas e serviços funerários para a secretaria municipal de Assistência Social.
Imagem: DivulgaçãoBernildo Val(Imagem:Divulgação)Bernildo Val
O certame foi publicado no Mural de Licitações do TCE e ocorrerá no dia 12 de junho às 09:00 na sede da prefeitura. O processo licitatório será na modalidade Pregão Presencial, tipo menor preço.

As despesas decorrentes da contratação do presente processo licitatório correrá à conta de recursos consignados no orçamento municipal: FPM, ICMS, ISS, IPVA, CIDE, receitas próprias, Assistência Social, FMAS, IGD, PBF e outros.

Veja abaixo a discriminação dos serviços objeto da licitação.
Imagem: ReproduçãoLicitação de serviços funerários.(Imagem:Reprodução)Licitação de serviços funerários.

Comento

O prefeito Bernildo Val resolveu seguir os passos de sua colega Regina Maria do município de Joaquim Pires no gasto absurdo com urnas e serviços funerários. Esta licitou a bagatela de R$ 229 mil para tais serviços. Um verdadeiro descalabro.

O gestor de Buriti do Lopes vai gastar a bagatela de R$ 123 mil com o mesmo objetivo. Compreendo que todo cidadão merece um enterro digno e decente, principalmente os desprovidos de recursos. Mas num momento de crise econômica pelo qual o País vem passando faz-se necessário um melhor aproveitamento dos gastos com os recursos públicos.

Essa crise está apenas no início e seus efeitos nefastos serão sentidos mais fortemente no segundo semestre. Principalmente aqui no Piauí onde a base de sustentação da economia é totalmente dependente do fundo de participação.

Os gestores municipais pelo visto ainda não perceberam a gravidade da situação. Se reclamavam da falta de verbas quando a economia estava em crescimento, imagine agora na situação atual, onde o governo federal prevê um crescimento negativo abaixo de 1%.

Aconselho o prefeito a rever o valor dessa licitação. Tenho certeza que no município existem outras questões mais prioritárias de anseio da população.

Outro lado


O GP1 entrou em contato com o prefeito Benildo Val, que afirmou que o valor de mais de R$ 123 mil ainda pode ser alterado. “Esse valor não quer dizer nada não. Quando se faz uma licitação, não quer dizer que será utilizado todo aquele valor que consta ali [licitação], não”, disse.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.