GP1

Novo carregador sem fio recarrega aparelhos em movimento

O novo tipo de sistema de carregamento promete carregar aparelhos em movimento e à distância

Transmissão de energia sem fio é uma comodidade que a humanidade tem buscado desde o Século XIX. Existem tecnologias que cumprem essa função, mas são bastante complexas, tornando-as caras.

Porém, Prasad Jayathurathnage e um grupo de pesquisadores da Universidade de Aalto, na Finlândia, eliminaram a necessidade de equipamentos complexos e sistemas de detecção.

Foto: Prasad Jayathurathnage / Aalto UniversityProtótipo do sistema de carregamento à distancia
Protótipo do sistema de carregamento à distancia

Eles criam um sistema de canais onde o aparelho que irá recarregar sintoniza o “canal de recarga”, o que permite que estes aparelhos recarreguem mesmo em movimento.

Esse sistema pode recarregar qualquer dispositivo eletrônico no alcance do transmissor, seja ele um notebook, celular ou até pequenos eletrodomésticos. "O que diferencia este transmissor é que ele é autossintonizável, o que significa que você não precisa de uma eletrônica complexa para se conectar aos receptores embutidos nos dispositivos. Como ele se autossintoniza, você também pode mover o dispositivo livremente dentro de uma ampla faixa de carregamento," explicou, Prasad Jayathurathnage.

O protótipo do transmissor tem se mostrado altamente eficiente (90%), mas apenas até 20 centímetros de distância do receptor. A equipe afirmou que já tem versões que funcionam em distâncias maiores, porém com uma menor eficiência de transferência de energia.

Estudos sobre a influência do campo magnético gerado, sobre a saúde dos seres humanos, devem ser realizados, e caso a tecnologia mostre-se segura, após ser aperfeiçoada, ela poderá ser comercializada.

Um sistema de carregamento e transmissão de energia sem fio, com alta eficiência e baixa nocividade para os seres humanos, se mostraria como um grande aliado da tecnologia, ainda mais nos tempos atuais onde somos cada vez mais dependentes de dispositivos eletrônicos, e não precisar colocar seu celular para carregar em uma tomada ou andar para lá a e para cá com um pesado carregador portátil, mostraria a verdadeira liberdade da mobilidade.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.