Blog Opinião
GP1

Sarah Menezes e o Piauí


Deusval Lacerda de Moraes*

Imagem: ReproduçãoClique para ampliarDeusval Lacerda de Moraes (Imagem:Reprodução)Deusval Lacerda de Moraes
Em toda a história do Piauí jamais um de seus filhos ou filhas atingira tamanho apogeu em competição esportiva. Em toda a história do Brasil jamais uma de suas filhas atingira tamanha culminância no judô feminino em uma Olimpíada. Enfim, a judoca Sarah Menezes quebrou todos os recordes da sua modalidade esportiva no Brasil mostrando ao mundo que os brasileiros são capazes de com determinação e muito suor suplantar as adversidades que historicamente fazem parte das suas vidas.

A medalha de outro de Sarah Menezes nas Olimpíadas de Londres representou o ponto máximo do esporte piauiense. Antes, dificilmente achávamos que chegássemos a tão extraordinário feito, pois sequer existia incentivo de qualquer prática esportiva para subirmos ao pódio. Sinceramente, acredito que ninguém em terras mafrensinas esperava chegar a tão longe.

Mas eis que em Teresina, de repente, surge no judô uma garota ágil e técnica que juntamente com o seu valioso treinador, Expedito Falcão, foi treinando, treinando, trinando, e de treino em treino, começaram a adquirir confiança e, ainda muito cedo, aos 15 anos, a dedicada judoca participou das competições nacionais mostrando o seu valor e arrebatando medalhas, que triunfou com o outro em Londres.

Tudo isso parecia um sonho para os piauienses. Mas Sarah Menezes sempre foi muito confiante, principalmente quando competiu no Campeonato Brasileiro de Judô de 2005. Pois desde o começo da sua trajetória atlética demonstrava uma autoconfiança indomável, ou seja, a autoconfiança dos verdadeiros vencedores, dos campeões, dos que conquistam a vitória.

Por isso a consagração definitiva em nossa terra pela multidão de piauienses que recepcionou a nossa atleta olímpica na sua chegada a Teresina, mas ela está também no coração dos que não puderam fazer-se presentes. Arrisco a dizer que tudo que fizermos por Sarah Menezes no Piauí, é pouco, porque temos uma dívida irresgatável com essa heroína, pois quase nada fizemos para ela brilhar e atingir o panteão esportivo mundial.

Pois desde as Olimpíadas Antigas, surgidas em 776 a. C na cidade grega de Olímpia, os atletas eram tratados com distinção na preparação dos jogos olímpicos pelas cidades-estado que formavam a Grécia Antiga. E os vencedores das competições eram reverenciados como heróis em suas cidades-estado. Ganhavam prêmios que simbolizavam a honra e a glória conquistada. Coroas de louro e ramos de palmeira eram dados aos atletas vencedores e eram feitas esculturas, cerâmicas, cunhagem de moeda bem como estátuas eram erigidas em suas homenagens.

Os Jogos Olímpicos antigos possuíam uma grande importância para os gregos, os seus criadores, por terem caráter religioso, político e esportivo. Religioso, porque era uma forma de homenagear os deuses, sobretudo Zeus (deus dos deuses). Político, para buscar a harmonia entre as cidades-estado por causa das guerras com a chamada “paz olímpica”. E esportivo porque buscava a valorização da saúde e do corpo saudável dos atletas.

Atualmente as Olimpíadas têm a mesma simbologia para os povos do universo. Na religião, por propugnar pelo ecumenismo entre as religiões do planeta. Na política, por semear a paz entre as nações, e esportiva, por cultuar a saudabilidade entre os jovens para viverem afastados das drogas e com higidez na saúde.

Por tudo isso, Sarah Menezes é uma deusa do olimpo piauiense. E que apesar das falhas institucionais em ajudá-la na sua formação atlética restou aos seus conterrâneos homenageá-la pela sua medalha que ficará indelevelmente gravada na historiografia do esporte mundial, como fez aos milhares nas margens das principais ruas e avenidas de Teresina com bandeiras do Brasil e do Piauí assistindo e vibrando com o seu desfile no carro do Corpo de Bombeiros com buzinaço seguido de uma enxurrada de motociclistas e mototaxistas. Parabéns, SARAH MENEZES!

*Deusval Lacerda de Moraes é Pós-Graduado em Direito

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.