Câmara de Gilbués vota hoje as contas do ex-prefeito Chiquinho

- atualizado

A Câmara Municipal de Gilbués vota hoje (30), a prestação de contas do ex-prefeito Francisco Pereira de Sousa, mais conhecido como “Chiquinho”, referente ao exercício de 2014.

Um rosário de irregularidades pesam sobre as contas. O TCE detectou, na analise, a ausência de licitação com limpeza pública (R$ 701.613,27), pavimentação (R$ 144.400,00) e peças para veículos (40.820,01), num montante de R$ 886.833,28. Também foram registradas fragmentação de despesas com assessoria contábil, locação de automóvel, inadimplência com a Agespisa, contratação sem concurso público e ausência de retenção e recolhimento de contribuição social – INSS.

As contas foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado e o ex-prefeito foi multado em 1.500 UFR-PI.

A Câmara tem a obrigação moral de confirmar o parecer do TCE, o que ensejará a inelegibilidade do ex-prefeito por oito anos.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811