Chega ao mercado o Personal Trainner Digital

A crescente e rápida oferta de aparelhos eletrônicos e tecnológicos, como os smartphones e tablets, dificultam a atualização das pessoas quanto ao uso desses equipamentos. O que fez surgir um novo profissional: o Personal Trainner Digital.

A função do Personal é oferecer comodidade ao cliente, sanando as dúvidas relacionadas a softwares, hardwares e outros equipamentos tecnológicos, além de auxiliar na instalação de programas e acessórios e na utilização de redes sociais, entre outros aspectos do funcionamento de gadgets.

Imagem: ReproduçãoO preço mínimo, R$ 5.799, R$ 1 mil abaixo do preço inicial da versão até então mais econômica do computador.(Imagem:Reprodução)Novas tecnologias fazem surgir novas profissões

O diferencial desse profissional é o atendimento em domicílio e personalizado. A missão é específica e se adapta às carências de cada cliente que o solicita.

Vai desde a escolha do aparelho que melhor se adequa as necessidades e até às características físicas do usuário.

E se configura na ajuda a utilização de forma plena todos os recursos oferecidos pelo aparelho adquirido.

“Hoje em dia esse é um serviço diferencial, pois o cliente não precisar vir até nós. Normalmente os clientes da terceira idade têm procurado pelo Personal devido a facilidade de poder recebê-los em casa e receber orientações de como utilizar o computador de forma adequada e protegida”, destaca Henrique Rodrigues, Supervisor do Ibyte Service.

Mudança

É interessante entender os hábitos do consumidor.

Um levantamento do app GuiaBolso mostrou que 48% dos brasileiros gastam mais do que recebem.

E tem mais. Em tempos de corte de custos, os consumidores das classes A e B cortam massas secas, laticínios e itens de mercearia em geral para continuarem adquirindo cereais saudáveis, doces, sobremesas e bebidas não alcoólicas.

Nas classes C e D, a economia em categorias como limpeza, higiene oral e farináceos é compensada na manutenção dos gastos em refrigerantes, frios e sobremesas.


ZPE

A ZPE de Parnaiba deve receber em breve empresas dos segmentos de cera da carnaúba, fruticultura orgânica, pedras preciosas como a opala e produtos a partir do couro.

Promoção

Para comemorar o Dia dos Pais 2015, o Teresina Shopping lançou a promoção Giro da Sorte que premiará pais e filhos com brindes e vale-compras para serem utilizados nas lojas participantes.

Idéia

Para vencer o longo período de estiagem e faturar mais, a apicultora Maria Aparecida de Sousa resolveu investir na produção de cosméticos a base de leite de cabra e mel.

Foi aí que surgiu a Ai Que Cheiro, especializada na fabricação de sabonetes, aromatizantes, xampu, escalda pés e sachês.

Isso aconteceu em Piripiri e serve de exemplo.

Vendas

Do especialista em finanças, Gustavo Cerbasi, sobre como vender bem em tempos de recessão. “A recomendação para que tanto os empresários quanto as famílias atravessem com maior tranquilidade períodos de crise é reduzir gastos fixos”.

“O ideal é enxugar linhas de produtos e serviços menos rentáveis, concentrar esforços nos melhores clientes, buscar maior eficiência e giro de estoques, cativar com descontos os raros clientes que pagam à vista”, informou ainda.

“Na indústria, para quem não se precaveu com reservas financeiras, vender parte dos ativos e terceirizar parte da produção é um caminho para obter liquidez”, sentenciou, acreditando que “flexibilidade é a palavra-chave do momento”.

Realidade

O número de empreendedores no Brasil não para de crescer. São 600 mil novos negócios a cada ano, segundo o Governo Federal.
Imagem: ReproduçãoClique para ampliarDonos de restaurantes confirmam adesão ao programa Já são 600 mil negócios no país a cada ano


São lojas, restaurantes, mercados, empresas de tecnologia e as famosas startups. E se depender do desejo dos brasileiros, o número só tende a aumentar.

De acordo com o Sebrae, abrir uma empresa figura na terceira posição dos sonhos da população. Perde somente para a compra da casa própria e viajar pelo Brasil.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Ricardo Moura Fé é jornalista. Noticias sobre economia & negócios. Contato: (86) 9976- 6945

Arquivo

    VEJA MAIS