Dia de Combate ao Feminicídio é aprovado na Câmara de Luís Correia

- atualizado

Na última sexta-feira (15), durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal, os vereadores de Luís Correia aprovaram Projeto de Lei que instaura o dia 03 de junho como Dia Municipal de Combate ao Feminicídio.

Com isso, no próximo dia 03 de junho, as escolas municipais e orgão públicos municipais realizarão atividades educativas e palestras abertas para a população com temas sobre o assunto.

  • Foto: Daniel FosseyVereadores após sessão que aprovou o Dia Municipal de Combate ao feminicídioVereadores após sessão que aprovou o Dia Municipal de Combate ao feminicídio

A decisão se dá após um caso de feminicídio que causou muita comoção na cidade de Luís Correia. No dia 04 de julho de 2018 a professora Selene Veras foi brutalmente assassinada pelo marido na localidade Lameiro, no interior do município.

O acusado encontra-se preso e aguardando julgamento. O juiz acatou o pedido do Ministério Público e ele será julgado pelo Tribunal do Júri.

Relembre o caso

A professora e diretora de um colégio municipal, Selene Veras Roque, de 28 anos, foi morta a facadas no dia 04 de julho de 2018 pelo companheiro, o mecânico identificado como Raimundo Neto Pereira, de 32 anos, durante uma discussão no município Luís Correia, situado na região Norte do Piauí.

  • Foto: Facebook/Selene Veras RoquesSelene Veras RoquesSelene Veras Roques

O fato ocorreu após o casal chegar em casa, localizada no povoado Lameiro, zona rural da cidade. “Os dois tinham acabado de chegar de Parnaíba, cidade onde os dois faziam pós-graduação. Ao entrarem na residência, teve início uma discussão entre eles, e o crime ocorreu”, informou o capitão Galeno, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur).

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Blog com notícias Luís Correia