Elano Martins diz que não exerce cargo político na administração de Uruçuí

- atualizado

O advogado Elano Martins Coelho enviou direito de reposta à matéria veiculada no dia 11 de setembro neste Blog intitulada "Advogado manda mais no Município de Uruçuí que o prefeito".

Na nota, o advogado afirma que foi convidado para exercer o cargo político de secretário municipal, porém não aceitou o convite por motivos pessoais.

  • Foto: FacebookElano Martins CoelhoElano Martins Coelho

Confira na íntegra os esclarecimentos do advogado Elano Martins:

Eu, Elano Martins Coelho, brasileiro, casado, Advogado, empresário e agropecuarista, venho requerer direito de resposta a publicação de matéria no site GP1, assinada pelo Sr. Herbert Sousa veiculada dia 11 de Setembro de 2018.

Não foi com surpresa que li mais uma publicação efêmera nos blogs da vida. Ilações sem sentido que tem claro intuito de tentar tirar o foco e desestabilizar a Excelente Administração de meu Pai, Dr. Wagner, à frente da Prefeitura de Uruçuí – PI.

Quero afirmar que não exerço cargo na Administração Municipal de Uruçuí.

Apesar de ter sido convidado para exercer um cargo político de Secretário Municipal (motivo que me deixou honrado) não aceitei por motivos pessoais, portanto, não tenho gerência ou ingerência sobre a administração pública municipal de Uruçuí. Mais independente disso colaboro de forma voluntária sempre que solicitado, seja pela relação de afeto a minha terra natal (Uruçuí-PI) seja pela relação paterna com o Prefeito.

Fui Prefeito com muito orgulho da pequena cidade de Nova Colinas – MA e por isso tenho experiência administrativa comprovada. Quem conhece minha trajetória e conheceu minha administração sabe disso. Fui Prefeito mais sou mesmo é advogado, procurador municipal, além de empresário e agropecuarista, ou seja um jovem trabalhador e empreendedor brasileiro, sendo assim minha vida foi sempre pautada no trabalho.

Quanto a acusação que me fizeram quero afirmar minha inocência. Importante ressaltar, a quem interessar, que o TCE – MA já arquivou a representação da qual fui acusado, afirmando não ter havido fraudes ou qualquer direcionamento nas licitações, sendo este o órgão técnico responsável por analisar as licitações e prestações de contas Municipais o processo penal deve ser arquivado também sem recebimento da denúncia.

Me conforta saber que Deus está no comando de nossas vidas e ele sempre me concede força e garra para transpor aos obstáculos. Que ele tenha piedade dos homens sem coração.

Assinado: ELANO MARTINS COELHO

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811