Escritora Graça Targino lança "Amar, viver, escrever"

- atualizado

Nesse sábado (18), foi lançado na Academia Piauiense de Letras (APL) o mais novo livro da escritora, doutora em Ciências da Informação e pós-doutora em Jornalismo, Maria das Graças Targino "Amar, viver, escrever", este que é o seu terceiro livro de crônicas.

  • Foto: Jacinto Teles/GP1Graça Targino lança Livro Amor, viver, escrever na APLGraça Targino, observada pela pesquisadora Amparo Ferro, fala sobre Amar, viver, escrever, na APL

Concomitante foram lançadas outras importantes obras na APL, como: Cancioneiro Geral de Martins Napoleão [relançado pelo seu sobrinho, o ex-governador e acadêmico, Hugo Napoleão do Rego Neto]; o Ensino de Enfermagem no Piauí: história e memória, de Anneth Cardoso Basílio; e Neorregionalismo Brasileiro, do prof. Herasmo Braga de Oliveira.

  • Foto: Jacinto Teles/Gp1Hugo lança cancioneiro de Martins NapoleãoHugo lança Cancioneiro de Martins Napoleão

Dentre os acontecimentos importantes da ocasião, pude presenciar a reverência de todos os presentes ao grande ser humano, jurista e acadêmico, Celso Barros Coelho, que neste mês completou 97 anos de vida com plena lucidez. No evento desse final de semana na APL, Celso Barros participou da mesa dos trabalhos, muito ativo e atencioso [característica que muito lhe identifica].

  • Foto: Jacinto Teles/Gp1Celso Barros Coelho é reverenciado na APLCelso Barros Coelho é reverenciado na APL pela ocasião dos seus 97 anos de vida

Acerca do Livro de Graça Targino, é indiscutivelmente de excelente leitura, textos altamente coerentes com a qualidade extraordinária de bem escrever que é tão peculiar à autora.

Amar, viver, escrever trata de análises, reflexões e dramas humanos do dia a dia [crônicas muito atuais], estas que tratam de assuntos tão presentes na realidade do nosso Brasil, bem como de lugares mais longínquos do mundo. Temas polêmicos capazes de intensificar debates caracterizados por divergências e convergências entre os leitores, podendo se estender até a próxima edição de Amar, viver, escrever...

  • Foto: DivulgaçãoGraça Targino recebe os cumprimentos de Jacinto Teles e Kayo CoutinhoGraça Targino recebe os cumprimentos deste colunista e do advogado Kayo Coutinho

Cientistas renomados na área de comunicação a exemplo de Alisson Dias Gomes, doutor em Comunicación Audiovisual, Revolución Tecnológica y Cambio Cultural [Universidad de Salamanca – Espanha], piauiense Laerte Magalhães [doutor em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro], Osvaldo Nilo Balmaseda Neyra [doutor en Ciencias Pedagógicas de la Faculdad de Artes y Letras – Universidad de La Habana/Cuba], bem como o escritor e poeta brasileiro Celso Japiassu, destacam a obra de Graça Targino e recomendam como importantíssima leitura atual.

  • Foto: Jacinto Teles/Gp1Graça Targino: Amar, viver, escreverAmar, viver, escrever: Capa de Jota A

Obviamente que só adquirindo o livro para conferir o quão fundamentadamente estes especialistas se referem à obra de Graça Targino, e, lendo-o em sua integralidade comprovará a excelente qualidade e conhecimento com que a escritora aborda temas tão relevantes e muitas vezes complexos na atualidade.

O livro está disponível nas principais livrarias de Teresina, em especial na Tocata e na Anchieta, vale a pena conferir, e como vale...

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Especialista em Direito Público, Penal e Constitucional. Advogado licenciado. Comunicação Social no CEUT. Foi vereador de Teresina, presidente e diretor jurídico do SINPOLJUSPI e da COBRAPOL. Agente e Conselheiro Penitenciário. Atualmente é diretor e professor da ACADEPEN. Ministra disciplinas de Dir. Administrativo e Execução Penal na pós-graduação em Gestão Prisional da UESPI/SEJUS.