Ex-presidente Lula não aceita ir para o regime semiaberto

- atualizado
  • Foto: DivulgaçãoJúlio César CardosoJúlio César Cardoso

Em 30/09/2019, o ex-presidente Lula divulgou carta escrita à mão informando que não aceita sair da prisão enquanto a sua condenação não for considerada nula. Lula fez jus ao regime semiaberto.

A arrogância de Lula não tem limite. Agora ele quer se igualar a Jesus Cristo. Se estivesse preso em unidade prisional similar à destinada a Fernandinho Beira-Mar e Marcola, não estaria desdenhando o semiaberto. Mas a sua nada humildade revela o seu lado presunçoso de não querer perder as mordomias desfrutadas na Polícia Federal.

É um grande vivaldino, uma vergonha ao país! Locupletou-se com o dinheiro da nação e fez da política ambiente sórdido para suas incursões corruptas, mas se considera um injustiçado.

Injustiçados são todos os desassistidos brasileiros enganados por Lula, que desviou recursos dos pobres para engordar o seu bolso e a sua conta bancária.

Condenado legalmente em três instâncias, ainda assim Lula tem a ousadia de menosprezar o Judiciário, elevando o tom de sua conhecida rebeldia de ativista sindical.

Infelizmente, não temos um STF forte, confiável, com independência política e que julgue com imparcialidade todos os indivíduos da mesma forma. Se a máxima constitucional de que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, fosse respeitada, Lula estaria cumprindo a sua pena em prisão comum.

Onde está escrito, na Constituição ou noutro normativo, que um ex-presidente da República condenado (legalmente) pela Justiça purgue a sua ilicitude em dependência da Polícia Federal?

Para corroborar a aberração da STF ao julgar pessoas pelo status (politico), olvidando o Art. 5º CF, eis que o tribunal, no início de agosto, em momento de extrema benevolência decidiu por 10 votos a 1 garantir a permanência de Lula no presídio “cinco estrelas” da Polícia Federal, em Curitiba.

Assim, dificilmente o STF obrigará Lula a usar o seu direito de mudar de regime prisional.

Júlio César Cardoso

Servidor Federal aposentado

Balneário Camboriú-SC

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Este blog é sobre a opinião do leitor