Fábrica Itapissuma ainda é uma interrogação

O governador Wellington Dias acertou uma reunião com executivos do Grupo João Santos, na cidade de São Paulo, onde buscará uma definição para o caso da reabertura da fábrica de cimento Itapissuma, localizada no município de Fronteiras, a 406 quilômetros da capital.

A indústria fechou em março desse ano, desempregando cerca de 500 funcionários. Em comunicado, o Grupo João Santos, detentor da fábrica, informou que o fim das atividades era motivado pela crise econômica instalada no país, que havia provocado queda de 80% nas vendas. Uma situação que abala a economia de toda essa região.

A Itapissuma, produtora do cimento Nassau, tem uma concessão de benefícios fiscais, que está suspensa. Detém ainda o direito de exploração de uma reserva de calcário com material suficiente para manter a fábrica em atividade por 200 anos.

A realidade atual é a seguinte. Grupos empresariais se propõem a comprar a empresa. Outros empreendimentos, da área da construção civil, analisam a possibilidade de arrendamento. Sem falar da própria empresa que afirmou recentemente que, com recursos próprios, pretende retornar às atividades em breve.

Portfólio

A TIM acaba de reformular seu portfólio de telefonia fixa com novidades que incluem ligações ilimitadas para telefones móveis e fixos de qualquer operadora e ainda chamadas internacionais, com preços que variam de R$ 39,90 até 59,90. A estimativa é proporcionar uma economia mensal aos assinantes piauienses em torno de 15% a 20% e aumentar a participação da TIM nesse mercado, que atualmente conta com 40 milhões de consumidores.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Ricardo Moura Fé é jornalista. Noticias sobre economia & negócios. Contato: (86) 9976- 6945