J. R. Guzzo faz analogia entre assaltantes e deputados

- atualizado

Neste domingo (22) o jornalista Augusto Nunes compartilhou uma publicação do diretor editorial do Grupo Exame, J. R. Guzzo, que fez uma analogia entre assaltantes e deputados que aprovaram a “reforma eleitoral”.

“Você sabe qual a diferença entre um assaltante à mão armada e qualquer um dos 252 deputados (no PT foi 100% da bancada) que aprovaram a “reforma eleitoral” de Rodrigo Maia? O assaltante, depois de roubar o seu dinheiro, não pede para você votar nele”, destacou.

A primeira versão do projeto foi aprovada por 252 deputados no início de setembro. Para que as novas normas valham para as eleições de 2020 o presidente Jair Bolsonaro deve sancionar o projeto até o dia 4 de outubro.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811