Janainna e Betão Marques apostam na morosidade da Justiça

- atualizado

Com processos pendentes de julgamento que podem culminar em inelegibilidade, os irmãos Janainna Marques e Edilberto Marques Filho, o conhecido “Betão”, apostam suas fichas na morosidade da Justiça para que possam se candidatar nas próximas eleições.

A deputada foi condenada em ação de improbidade com recurso pendente de julgamento no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasilia/DF. Caso a sentença seja mantida, Janainna Marques estará inelegível por 08 anos.

  • Foto: GP1/FacebookJainna e Betão Marques Jainna e Betão Marques

Já o prefeito Betão, da cidade de Joca Marques/PI, vem tentando, com sucesso, desde 2012, suspender os efeitos de acórdãos do Tribunal de Contas do Estado do Piauí que o deixaram inelegível. A ação desconstitutiva foi julgada improcedente e o recurso dorme nos escaninhos do TJ, sem sequer ter sido autuado, desde dezembro de 2018. Enquanto isso, o prefeito se vale de uma decisão que suspendeu os efeitos da inelegibilidade.

Como disse Rui Barbosa “Justiça tardia nada mais é do que injustiça institucionalizada”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Demora em julgamento pode possibilitar prefeito Betão tentar reeleição

MPF pede a condenação de Janainna Marques por corrupção

Janainna Marques recorre ao STJ contra condenação por morte no trânsito

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811