Levantamento aponta que obra denunciada por uso político e executada pelo DER em Paulistana foi em e

O diretor do DER-PI, Severo Eulálio, negou que o órgão estivesse executando obra em estrada vicinal do Município de Paulistana(PI), “o maquinário do DER-PI estampado nas fotos veiculadas através desse portal está sendo empregado na execução direta de intervenções nas modalidades de “patrolamento” e de “tapa-buraco”, no leito da Rodovia PI-476, no trecho: Paulistana/Povoado “Tigre”/São Francisco do Piauí, conforme previsto, expressamente, no Decreto 14.879, de 29/06/2012, que disciplina a implantação e o funcionamento do Programa de enfrentamento à seca, recuperação de rodovias estaduais, estradas vicinais e favorecimento da mobilidade urbana do Estado do Piauí – Piauí Integrado".

Imagem: Divulgação/GP1Georeferenciamento na estrada vicinal PI-459(Imagem:Divulgação/GP1)Georeferenciamento na estrada vicinal PI-459

Ocorre que a coligação que fez a denúncia de uso político da obra fez o georeferenciamento na estrada vicinal PI-459 através do rastreamento com GPS, um levantamento minucioso dos trechos executados.

E cabe a pergunta, porque o maquinário do DER-PI foi retirado da estrada na madrugada de 18 para 19 de setembro?

De fato, foi feito o patrolamento e tapa buraco na rodovia PI-476, mas primeiro foi executado serviços, devidamente comprovados e com testemunhas, na Rodovia PI-459.

Curta a página do GP1 no facebook: //www.facebook.com/PortalGP1

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811