Mão Santa ignora estado de emergência e vai licitar R$ 277 mil em doces

- atualizado

Em estado de emergência, com inúmeras famílias desabrigadas após ser assolada por fortes chuvas e ainda contabilizando os prejuízos, a Prefeitura de Parnaíba, leia-se o prefeito Mão Santa, vai licitar a compra de R$ 277.300,00 (duzentos e setenta e sete mil reais) em doces e salgados “para festas”.

O edital prevê a compra de 1.100 centos de coxinhas, rissoles, empadas, cartuchinhos, goiabinha, bolinhos de queijos, barquetes e pasteizinhos; 900 centos de brigadeiro, casadinho, beijinho e olho de sogra e 900 centos de leite em pó decorados, castanha e amendoim.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Mão SantaMão Santa

Todos esses salgados e guloseimas, diz o edital, “visam atender as necessidades do Município de Parnaíba”.

A licitação será realizada no dia 14 de maio.

  • Foto: DivulgaçãoLicitação feita pelo prefeito Mão Santa Licitação feita pelo prefeito Mão Santa
Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811