O Maranhão em dois tempos, ontem e hoje!

- atualizado

Ontem - Em 2016, o secretário da Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portella, representou pela prisão do delegado Sérgio Rêgo sob a acusação que teria permitido o uso, por terceiro, de uma motocicleta apreendida.

Hoje -O filho de um coronel foi parado em uma blitz de rotina da Policia Militar, no dia 04 de dezembro, quando dirigia uma Mitsubishi Pajero. Ao ser abordado, informou que não tinha carteira de habilitação. Ao efetuar consulta a placa do carro, os policiais constataram que se tratava de uma viatura, sem os devidos adesivos da corporação. O rapaz foi liberado pelo pai e ainda saiu dirigindo o carro.

O que se quer saber é se o pau que dá em “Chico” também vale para “Francisco”, porque, até o momento, o secretário não representou pela prisão do coronel.

Em tempo: O coronel foi afastado de suas funções pelo governador Flávio Dino.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811