Páscoa salgada

O consumidor vai gastar, em média, 10,9% a mais do que o ano passado, com a compra de produtos para a Páscoa.

Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), quase todos os produtos analisados apresentaram aumento de preço. Os ovos de Páscoa, em geral, apresentam a maior alta (10,9%).

A Fundação Getúlio Vargas também apresentou números que mostram essa tendência. E alguns itens subiram mais que a própria inflação.

Os peixes populares subiram 16%. Estão mais caros que o bacalhau, que teve elevação de 6% nos últimos doze meses.

O tradicional vinho está 10% mais caro. Bombons e chocolates, cerca de 5%.

O mais delicado é que com a proximidade da páscoa, os preços podem ficar ainda mais elevados.

Comprar com antecedência e fazer pesquisa de preços ainda é a melhor saída para tentar economizar nesse período.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Ricardo Moura Fé é jornalista. Noticias sobre economia & negócios. Contato: (86) 9976- 6945

Arquivo

    VEJA MAIS