Prefeito corre risco de não concluir obra do Hospital de União

- atualizado

O prefeito de União Gustavo Medeiros (DEM), deu início à obra de reforma do Hospital municipal José Rocha Furtado no começo do mês de junho do ano de 2015. De acordo com seu projeto o prazo final de execução seria de 180 dias, portanto terminaria em novembro de 2015.

  • Foto: Aldo MeloPlaca descreve valores, origem e prazo de conclusão, Placa descreve valores, origem e prazo de conclusão,

A citada reforma vai do acolhimento à cozinha, passando pela urgência, emergência, consultório, sala de vacina, laboratório, banheiros, enfermaria e reconstrução do centro cirúrgico. Os recursos são na ordem de R$ 2.067,727, 70, oriundo do Governo Federal (Ministério da Saúde e FMS). Já se passaram um ano e quatro meses e obra não passou ainda da metade prevista pelo seu projeto básico.

  • Foto: Aldo MeloVeja como se encontra a reforma do Hospital Municipal de UniãoVeja como se encontra a reforma do Hospital Municipal de União

De acordo com a Lei Nº 8.666/93 que dispõe sobre licitações ela diz em seu texto, que toda empresa é obrigada a seguir seu projeto básico, onde tem que destacar os métodos, custos e prazos de execução. A empresa Padrão Engenharia e Construtora Ltda., que é a responsável direta pela execução da obra está fugindo desta exigência legal, no que se refere o prazo de conclusão da obra.

  • Foto: Aldo MeloObras da Barragem Filinto Rêgo também estão paralisadas  Obras da Barragem Filinto Rêgo também estão paralisadas

O art. 78 da Lei nº 8.666/93 diz que: Constituem motivo para a rescisão do contrato: I - o não cumprimento de cláusulas contratuais, especificações, projetos ou prazo; II – o cumprimento irregular de cláusulas contratual, projetos e prazos; III – a lentidão do seu cumprimento, levando a administração, a comprovar a impossibilidade de conclusão da obra, do serviço ou do fornecimento, nos prazos estipulados.

  • Foto: Aldo MeloConstrução do Shopping da Cidade outra importante obra que se encontra paralisadaConstrução do Shopping da Cidade outra importante obra que se encontra paralisada

Estamos a pouco menos de 46 dias para término do mandato do atual gestor, e que observamos e já denunciamos aqui neste blog, a existência de importantes obras que se encontram com suas atividades paralisadas. Vejamos por exemplos a obra de reforma da Barragem Filinto Rêgo paralisada; a construção do Shopping da Cidade também paralisada. Com o pouco tempo que lhe resta é preciso que o senhor prefeito se vire nos trinta, para poder ter a condição de fechar suas contas para repassar ao seu sucessor que tomarar posse no próximo dia 1º de janeiro de 2017.  

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Aldo Melo é radialista desde 1992. Notícias do município União - PI. Contato: (86) 99447-1977 / (86) 99958-5374

Arquivo

    VEJA MAIS