Prefeitura de União sustenta marajá

A Prefeitura Municipal de União, cidade que fica localizada a 59 km da capital, talvez seja a única dos 224 municípios piauienses que esteja na melhor situação financeira, ou então, não vem priorizando os serviços essenciais tais como: saúde educação e segurança.

Imagem: Aldo MeloPrefeitura Municipal de União-PI(Imagem:Aldo Melo)Prefeitura Municipal de União-PI

O vereador José Wilson (PT), usou a tribuna da câmara municipal, na última quinta-feira (17), para questionar os valores que estão sendo pagos pela prefeitura ao ex-secretário de educação, Lourival da Silva Lopes. Ele recebe mensalmente R$ 8.143,11 (oito mil e cento e quarenta e três reais e onze centavos) e ainda recebe uma UAS -5 no valor de R$ 1.125, 00 (hum mil e cento vinte cinco reais), somando-se os dois valores o ex-secretário todo poderoso acumula em torno de R$ 9.268,11 (nove mil e duzentos e sessenta e oito centavos), dos combalidos cofres públicos, no pleno gozo da maior ociosidade, sem fazer nada.

Imagem: Aldo MeloEmpenho com o valor pago ao ex-secretário de educação(Imagem:Aldo Melo)Empenho com o valor pago ao ex-secretário de educação

O citado funcionário ainda recebe verba de representação, contrariando o que diz o art. 39, § 4º da nossa Constituição Federal. Contudo independentemente da regra a ser observada para fixação da renumeração dos servidores públicos, sejam estes ocupantes ou não de cargos de direção é preciso deixar claro que a verba de representação pleiteada por sua natureza não se compatibiliza com o exercício de tais cargos, visto apropriado àqueles que exercem representação de poder, assim os ocupantes de cargos comissionados não faz jus ao recebimento da referida verba.

Imagem: Rede SociaisProfessor Lourival(Imagem:Rede Sociais)Professor Lourival

Tido como o maior salário paga a um funcionário público municipal, Lourival da Silva Lopes, é considerado um autêntico marajá. Para quem não lembra, marajá são pessoas que possuem um altíssimo padrão de vida, ganham salários astronômicos normalmente pagos por idiotas, tipo eu e você, que na maioria das vezes assiste a vergonhosa gastança do dinheiro público. Alguns desses marajás folgam e mamam nas divinas tetas de grandes corporações, não produzindo nada e possuindo inúmeros benefícios desconhecidos pela população.

Imagem: Aldo MeloNesta casa, na Rua São Paulo, Bairro São Sebastião, funciona o CAPS de União(Imagem:Aldo Melo)Nesta casa, na Rua São Paulo, Bairro São Sebastião, funciona o CAPS de União

Enquanto os marajás fazem a festa com o dinheiro público, as escolas da rede municipal estão sendo vítimas constantemente de arrastões e arrombamentos, em decorrência da falta de pagamento dos adicionais noturnos aos ricos vigias, trabalhadores da limpeza pública estão com suas quinzenas atrasadas, CAPS e hospital faltando medicamentos, merendas fornecidas nas escolas são de péssima qualidade.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Aldo Melo é radialista desde 1992. Notícias do município União - PI. Contato: (86) 99447-1977 / (86) 99958-5374

Arquivo

    VEJA MAIS