Procurador de Teresina diz que não quer impedir tratamento da covid-19 com cloroquina

- atualizado

A Procuradoria Geral do Município de Teresina (PGM) enviou um direito de resposta a este blog a respeito da nota intitulada "Procurador de Teresina endossa documento que recomendou suspensão do uso da cloroquina", publicada nesta quarta-feira (27).

Segundo a PGM, o município não tem a intenção de impedir o tratamento dos pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (covid-19) e que não é de sua competência indicar tratamento para os pacientes com a doença.

  • Foto: Reprodução/FacebookDaniel Medeiros de AlbuquerqueDaniel Medeiros de Albuquerque

Ainda de acordo com a PGM, o objetivo da procuradoria em informar a decisão do CNS à Justica Federal, é de subsidiar o órgão com todos os estudos técnicos que existem com relação ao tratamento da nova doença para que a tomada de decisão seja dada com base no maior número possível de estudos técnicos realizados pela área da saúde.

Confira a nota da PGM na íntegra:

A Procuradoria Geral do Município de Teresina-PGM- informa que, em nenhum momento, o município tem a intenção de impedir o tratamento dos pacientes com COVID-19 como diz a matéria do Portal GP1.

A Procuradoria solicitou à Justiça Federal a juntada da Recomendação nº 042, de 22 de maio de 2020, do Conselho Nacional de Saúde-CNS, órgão vinculado ao Ministério da Saúde,em que recomenda a não aplicação da Hidroxicloroquina e cloroquina no tratamento de pacientes com COVID-19.O objetivo da PGM, em informar a decisão do CNS à Justica Federal, é de subsidiar o órgão com todos os estudos técnicos que existem com relação ao tratamento da nova doença para que a tomada de decisão seja dada com base no maior número possível de estudos técnicos realizados pela área da saúde.

É importante ainda ressaltar que a PGM, em momento algum, endossou qualquer tipo de posição técnica sobre o tratamento da COVID-19, pois entende que é de competência dos gestores da área da Saúde.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811