PT espalha Fake News e diz que garantiu prorrogação do auxílio emergencial

- atualizado

É Fake News informação divulgada na página oficial do Partido dos Trabalhadores (PT) no Instagram, onde a sigla afirma que juntamente com a oposição conseguiu a prorrogação do auxílio emergencial.

Na publicação, o PT afirma que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pretendia acabar com o auxílio emergencial durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). “Enquanto Bolsonaro quer acabar com o auxílio emergencial, um direito do povo em meio à pandemia, fazendo uma redução escalonada, o PT e os partidos de oposição lutaram e garantiram mais duas parcelas do benefício para os trabalhadores. Isso é a vitória do povo contra o governo genocida”, diz o texto publicado no Instagram.

A verdade, no entanto, não é essa. Quem garantiu a prorrogação do auxílio emergencial foi o presidente Jair Bolsonaro, com sua equipe econômica liderada pelo ministro Paulo Guedes.

É evidente a tentativa do PT de se apropriar de uma iniciativa concebida por Jair Bolsonaro e sua equipe. O Partido dos Trabalhadores afirma que “lutou” para garantir mais parcelas do auxílio, quando isso nunca foi necessário, uma vez que o presidente em nenhum momento cogitou não prorrogar o benefício.

A única divergência entre Bolsonaro e o Congresso era na forma como se daria a prorrogação do auxílio emergencial. Na semana passada, ele havia informado que pretendia autorizar mais três parcelas, nos valores de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, totalizando R$ 1.200,00. Contudo, os parlamentares defendiam que, em vez de três parcelas, o benefício fosse prorrogado por mais dois meses com duas parcelas de R$ 600, o que também totaliza R$ 1.200,00.

Bolsonaro acabou aceitando a proposta do Congresso e autorizou o pagamento de mais duas parcelas do auxílio.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

É Fake News! Descubra aqui as notícias falsas postadas nas mídias sociais WhatsApp, Facebook, Twitter e mais