Rafael Neiva pede exoneração e deixa a Fundação Hospitalar do Piauí

- atualizado

O advogado Rafael Neiva pediu exoneração do cargo de presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh). A exoneração foi publicada ontem (02) no Diário Oficial do Estado.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Rafael Neiva, Presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh)Rafael Neiva, Presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh)

Neiva, em sua curta passagem pela fundação, foi responsável direto por significativos avanços, dentre eles, os recursos necessários, já com nota de empenho, para implantação de cirurgia cardíaca no Hospital Getúlio Vargas e habilitação de 10 leitos de UTI, além de equipamentos para o pronto socorro, do Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri.

O gestor alegou motivos particulares para deixar o cargo.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Informações sobre política, justiça, jornalismo investigativo e os bastidores de tudo que acontece no Piauí