Roger Linhares diz que hotel foi desativado para colocar secretarias

- atualizado

A prefeitura de José de Freitas encaminhou ao GP1 nota de esclarecimento sobre nota publicada neste blog na quinta-feira (27) referente adenúncia de que o prefeito Roger Linhares "cedeu" o hotel municipal para o secretário de Cultura, Elisvaldo Rocha, conhecido como "Pampa", morar com seus amigos.

Em nota, a prefeitura informou que o hotel foi desativado e que agora funcionam algumas secretarias, inclusive a Fundação de Cultura, que é presidida por Pampa. Esclarece ainda que o local receberá mais secretarias.

“O prédio está sendo adequado para que possa receber futuramente a Secretaria de Segurança Pública do Município e a Assessoria de Comunicação. Esta ação teve o intuito de diminuir os gastos públicos, visto que estas secretarias ocupariam prédios alugados”, explicou a assessoria.

  • Foto: Facebook/Roger LinharesPrefeito Roger LinharesPrefeito Roger Linhares

Confira a nota na íntegra:

A Prefeitura de José de Freitas, por meio de sua Assessoria de Comunicação vem a público esclarecer sobre uma nota veiculada dia 27 de julho de 2017, no portal de notícias GP1, blog do jornalista “Feitosa Costa”, onde a mesma afirma que populares denunciam que o prefeito de José de Freitas, Roger Linhares, cedeu o prédio do Hotel Municipal para que o atual Secretário de Cultura do município, Elisvaldo Rocha, “Pampa”, fixar sua residência e de amigos.

O Hotel Municipal de José de Freitas foi desativado para que algumas secretarias possam funcionar na atual estrutura do prédio. Atualmente, estão funcionando a Secretaria de Esportes e Lazer e a Fundação de Cultura do município, onde o Sr. Elisvaldo Saraiva, “Pampa” é Presidente, e cumpre seu expediente em seu gabinete. O prédio está sendo adequado para que possa receber futuramente a Secretaria de Segurança Pública do Município e a Assessoria de Comunicação. Esta ação teve o intuito de diminuir os gastos públicos, visto que estas secretarias ocupariam prédios alugados.

A nota publicada na coluna do jornalista Feitosa Costa, não condiz com a realidade. É indispensável que haja bom senso, responsabilidade e cautela para apurar denúncias, que por muitas vezes são infundadas, pois nelas estão pessoas que construíram seus nomes norteados na ética e na moral, tentar diminuir isso, fere a boa convivência e dissemina o ódio.

ASCOM - Assessoria de Comunicação da Prefeitura de José de Freitas.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Bacharel em Direito, Feitosa Costa é jornalista desde 1977 e escreve a Coluna Política & Bastidores. Contato: (86) 98162 1515 / 99987 8114