Sai daí rápido ministro Sérgio Moro; Bolsonaro é um boçal

- atualizado

De acordo com O Globo deste sábado (24), “o abalo da relação entre Jair Bolsonaro e Sérgio Moro começou a crescer há quase um mês. Mais precisamente, na tarde de 28 de julho, quando Moro foi ao presidente do STF, Dias Toffoli, pedir que ele fizesse uma revisão da decisão em que restringiu o compartilhamento de relatórios do antigo Coaf. Desde que soube do pedido de Moro a Toffoli, Bolsonaro decidiu inviabilizar a presença do ministro no governo”.

Na última quinta-feira (22), o presidente mostrou que vai descartar o ex-juiz Sérgio Moro. Na ocasião, disse que o diretor-geral da Polícia Federal é subordinado a ele e não ao ministro. Bolsonaro não está mais ao lado da Justiça, ele se misturou aos corruptos e não merece mais Moro como ministro.

  • Foto: Rodolfo Buhrer/FotoArena/Estadão ConteúdoJair Bolsonaro e Sérgio MoroJair Bolsonaro e Sérgio Moro

A boçalidade do presidente Jair Bolsonaro não tem limites. Faz questão de fritar e humilhar o ministro Sérgio Moro em público. Se antes o capitão dava ‘carta branca’ ao ministro no combate à corrupção, hoje é condescendente. Para o presidente da República, a blindagem de seu filho Flávio – investigado por corrupção – é muito mais importante que a Lava Jato.

Para proteger sua cria, Bolsonaro passou por cima da moral e da própria palavra. O presidente esqueceu de uma vez por todas o motivo pelo qual foi eleito e se ‘rendeu’ ao ministro-petista Dias Toffoli, que está incumbido de salvar a pele de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

Sai daí rápido ministro Sérgio Moro; Bolsonaro é um boçal. Não permita que ele manche a sua imagem, vá para outro país – preferência os EUA – e retorne em 2022 para vencer as eleições e governar o Brasil.

PS: Parafraseando o filósofo francês Louis-Sébastien Mercier na célebre frase que “os extremos se encontram”; como no ódio e no amor, Lula e Bolsonaro são a mesma coisa!

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811