Saída do deputado Robert Rios do PDT foi anunciada ainda em 2017

- atualizado

Naquele momento, em outubro do ano passado, afirmei neste espaço que o deputado Robert Rios não permaneceria no PDT, se prevalecesse aquela conjuntura política em breve sairia do partido.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Robert RiosRobert Rios

Cujo motivo estava vinculado à conjuntura política estadual de então, o que obviamente permance tal qual até hoje (05/03), ou seja, o deputado Robert Rios (PDT), como ferrenho opositor ao governo do PT, de quem foi aliado por muitos anos, mas, com uma conjuntutra que não lhe favorece na atualidade, pois, os Flávios pai e filho, ambos desde o início da atual gestão estão afinadíssimos com o governo comandado pelo experiente político Welington Dias.

Errei apenas com relação ao partido, já que sugerimos que seria o PSDB que seria o escolhido pelo deputado Robert, que preferiu o DEM, entretanto, não totalmente, pois o oposicionista já está em defesa do pré candidato a governador Luciano Nunes Filho, que vem a ser do PSDB.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Especialista em Direito Público, Penal e Constitucional. Advogado licenciado. Comunicação Social no CEUT. Foi vereador de Teresina, presidente e diretor jurídico do SINPOLJUSPI e da COBRAPOL. Agente e Conselheiro Penitenciário. Atualmente é diretor e professor da ACADEPEN. Ministra disciplinas de Dir. Administrativo e Execução Penal na pós-graduação em Gestão Prisional da UESPI/SEJUS.