Secretário Robert Rios diz que a greve dos professores provoca aumento da violência em Teresina

Vivendo momentos de ociosidade na Secretaria de Segurança Pública do Piauí e não tendo mais sobre o que criticar, o secretário Robert Rios, passou a dar pitacos na profissão que ele diz mais conhecer: a de Professor. "Venho de uma família de professores e professoras, eu mesmo já fui professor", elogiou Rios. O respeito do secretário à classe dos Professores parou por ai.

Imagem: ReproduçãoRobert Rios(Imagem:Reprodução)Robert Rios
Em entrevista concedida a canais de televisão local no dia de hoje, Robert Rios, afirmou que a violência em Teresina cresceu devido à falta de aula na rede pública de ensino.

“Com a greve dos professores os jovens ficam fora das salas de aula e a violência cresce. Faz tempo que não se ouve falar em morte de cidadãos comuns. O perfil dos mortos é de jovens e geralmente envolvidos com drogas”, disse o secretário.

Robert Rios acrescentou que a criminalidade somente aumentou na capital, já que no interior as aulas estão normais. "Milhares de jovens foram arrancados das salas de aulas. Estou chocado com o que estou vendo no Piauí. Está morrendo tanta gente, nossa juventude toda. A culpa é das escolas paralisadas".

Chocados estão todos aqueles que viram e ouviram tais palavras vindas do Secretário de Segurança do Piauí, quando na realidade deveria está participando das negociações para o fim da greve ou então manter-se em silêncio.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Herbert Sousa é jornalista. Contato: (86) 9 8806-8907 / (86) 9 9436-9811